SEF deteve em 2017 vinte pessoas envolvidas em tráfico humano

| País
SEF deteve em 2017 vinte pessoas envolvidas em tráfico humano

A ver: SEF deteve em 2017 vinte pessoas envolvidas em tráfico humano

"O tráfico humano é um dos crimes mais atrozes da actualidade". Quem o diz é o diretor de investigação do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, Gonçalo Rodrigues, em entrevista exclusiva ao programa "Olhar o Mundo", a emitir sábado na RTP3.

Uma semana após o SEF ter desmantelado uma rede de tráfico humano oriunda de África e com destino a diversos países europeus, Gonçalo Rodrigues sublinhou que esta eficácia se prende também com a formação humanista dos inspectores.

"O SEF sempre encarou a imigração como um bem para o país, um bem para Portugal e uma das vantagens que lhe permite obter bons resultados é o humanismo, é o carárater humanista da formação dos inspetores do SEF", afirmou à RTP o Diretor de Investigação.

"O objectivo é conciliarmos a eficácia com o humanismo e a segurança",sublinhou.

Após revelar que o SEF prendeu no ano passado 20 indivíduos envolvidos no tráfico humano, assegurou que os seus serviços consagram como prioritário o combate a esta criminalidade específica.

"Tendo a noção que os aeroportos portugueses estavam a ser utilizados para tráfico de menores do norte de África para países europeus, o SEF desenvolveu uma estratégia que consideramos que terá bons resultados, articulando de uma forma mais eficiente os efetivos do aeroporto de Lisboa com a Direção Central de Investigação, envolvendo o Departamento de Ação e Investigação Penal de Lisboa. Neste momento posso revelar que o DIAP terá a trabalhar com a equipa do SEF um procurador dedicado a esta matéria".

Confrontado pela RTP com críticas ao tempo de espera verificado em alturas de maior fluxo de desembarque de passageiros de voos internacionais, nos principais aeroportos portugueses, Gonçalo Rodrigues, contextualizou o problema: "A pressão é muito grande para que façamos um trabalho célere para que as filas diminuam. O nosso objetivo é que esse facto, essa pressão comercial, não nos atordoe, não nos iniba de fazermos o nosso trabalho corretamente. Seria muito mau que se, com o objectivo de diminuirmos drasticamente o tempo de espera, facilitássemos no controlo de segurança".

Um entrevista realizada por António Mateus com imagem de Manuel dos Santos.

A informação mais vista

+ Em Foco

A Festa dos Tabuleiros regressa às ruas da cidade de Tomar. Um longo desfile em que 750 tabuleiros são transportados por mulheres.

    Os líderes europeus não chegaram a acordo sobre quem deve liderar a União nos próximos cinco anos.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.