Ministro da Defesa demitiu-se

| País
Ministro da Defesa demitiu-se

A ver: Ministro da Defesa demitiu-se

Ao oitavo dia da polémica, e após todos os factos revelados, o ministro Azeredo Lopes demitiu-se.

O gabinete do ministro da Defesa recebeu não um, mas dois documentos sobre Tancos. O ex-diretor da Judiciária Militar assegura ao Sexta às 9 que enviou um segundo relatório, em dezembro.

Nesse papel, estava escrito que a recuperação das armas tinha como objetivo uma antecipação à Policia Judiciária. Até ao momento, o gabinete do ministro não confirma esta informação.

A RTP sabe que o coronel Luís Vieira garante não ter conhecimento do memorando que Vasco Brazão diz ter entregue em novembro.

O ex-diretor da Judiciária Militar diz que só esteve reunido com o chefe de gabinete do ministro uma vez. No dia seguinte à recuperação das armas, a 19 de outubro.

A investigação do Sexta às 9 revela esta noite mais factos novos sobre o processo que envolve o furto de armas em Tancos.


Relacionados:

A informação mais vista

+ Em Foco

A 15 de outubro de 2017, uma vaga de incêndios fez 50 mortos e dezenas de feridos. Reunimos aqui um conjunto de reportagens elaboradas um ano depois da catástrofe.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em novos conteúdos de serviço público que podem ser seguidos na página RTP Europa.

      Um terramoto de magnitude 7,5 e um tsunami varreram a ilha de Celebes, causando a morte de pelo menos duas mil pessoas. A dimensão da catástrofe é detalhada nesta infografia.

        O desaparecimento do jornalista saudita fragiliza a relação dos EUA com uma ditadura que lhe tem sido útil a combater o Irão e a manter os preços do petróleo.