Turista esteve internada nos cuidados intensivos depois de chegar da República Dominicana

por RTP

A turista portuguesa de 42 anos que se sentiu mal, poucos dias depois de chegar à Republica Dominicana, já saiu dos cuidados intensivos, mas continua internada no Hospital de Braga.

Isto não seria notícia, se desde o início do ano não tivessem morrido 19 turistas norte americanos depois de terem ingeridos bebidas em hotéis em resorts de luxo do país.

A mulher residente em Famalicão estava de férias na Ilha das Caraíbas quando começou a ter sintomas semelhantes a uma gastroenterite, com falta de ar e o corpo inchado.

O Jornal de Noticias avança que há suspeitas que a doença tenha sido contraída através do gelo utilizado para refrescar as bebidas, feito de água não potável.

Este está longe de ser o primeiro caso na Republica Dominicana

O FBI está a investigar as mortes que considera "estranhas" todas antecedidas pela ingestão de bebidas no mini bar dos quartos.