Acordo "histórico" com professores põe fim a período de instabilidade, diz Montenegro

por RTP

Foto: Tiago Petinga - Lusa

O primeiro-ministro endereçou esta quarta-feira uma palavra de confiança e respeito aos professores que na véspera chegaram a acordo com o Governo sobre a recuperação do tempo de serviço. Para Luís Montenegro, este é "um acordo histórico que põe fim a um período de instabilidade que estava a ser altamente penalizadora para o interesse dos alunos portugueses".

“Foi possível irmos mais longe do que aquilo que estava plasmado nestes compromissos anteriores”, acrescentou.

As declarações foram feitas no final de uma reunião do Conselho Superior de Segurança Interna, após a qual o chefe de Governo quis deixar também “uma nota de tranquilidade e confiança no Sistema de Segurança Interna português”.

Montenegro felicitou ainda o secretário-geral desse sistema pelo “trabalho que foi possível desenvolver nos últimos anos de reforço da articulação e da cooperação entre as várias entidades, forças e serviços de segurança”.

Segundo o primeiro-ministro, quando for divulgado o relatório anual de segurança interna “vão-se confirmar algumas circunstâncias de agravamento em algumas tipologias criminais”, preocupações que “vêm de algumas áreas geográficas”. Ainda assim, “Portugal é um país seguro”, garantiu.

“Portugal é objetivamente um dos países mais seguros da Europa e do mundo e isso deve-se também ao exercício das funções e das missões das estruturas que em nome do Estado português fazem o acompanhamento da matéria da segurança”.

A nossa segurança é também “um ativo económico”, considerou Luís Montenegro.
pub