MAI diz que não há relação entre investigação golas anti-fumo e o parecer da PGR

por RTP

O Ministério da Administração Interna garante que "não há qualquer relação" entre o parecer sobre incompatibilidades pedido à Procuradoria Geral da República e a investigação do Ministério Público ao negócio das golas anti-fumo.

O esclarecimento surge depois da coordenadora do Bloco de Esquerda ter levantado dúvidas sobre o negócio entre membros do Governo e empresas de familiares.

Catarina Martins quer saber se o negócio "foi lesivo para o Estado com algum tipo de favorecimento".

O Governo esclarece que o parecer da Procuradoria, divulgado na sexta-feira, responde apenas às "questões colocadas quanto à interpretação do Regime de incompatibilidades e impedimentos dos titulares de cargos políticos".