PCP acusa PS de se aliar à direita na legislação laboral

| Política
PCP acusa PS de se aliar à direita na legislação laboral

O PCP acusa o PS de estar encostado à direita na legislação laboral, numa altura em que a proposta de lei do Governo vai a votos no parlamento.

"É inaceitável. Quando o partido socialista, muitas, vezes se afirma de esquerda - e os direitos dos trabalhadores são zona de fronteira entre a esquerda e a direita -, o PS faz a opção errada: encosta-se à direita e toma protagonismo nestas alterações à legislação laboral", acrescentou Jerónimo de Sousa.

Perante cerca de duas centenas de apoiantes, Jerónimo de Sousa reiterou também algumas propostas já anunciadas pelo PCP, como a redução de impostos sobre os trabalhadores com salários baixos e médios, a descida do IVA de 23 para 21% e do IVA da eletricidade e do gás de 23 para 6%.

A informação mais vista

+ Em Foco

A Grécia agradeceu a Portugal a solidariedade do país pela disponibilidade de receber mil migrantes e refugiados, atualmente alojados em condições precárias naquele país.

A receita da venda desta madeira ultrapassará os 15 milhões de euros, que devem ser investidos na nova Mata do Rei.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.