Casa da Pesca em Oeiras. Um monumento nacional em risco onde há dinheiro para obras, mas falta uma autorização

| Reportagem
Casa da Pesca em Oeiras. Um monumento nacional em risco onde há dinheiro para obras, mas falta uma autorização

Foto: Arlinda Brandão/Antena 1

A cada dia que passa há um monumento nacional em Oeiras que se vai degradando aos olhos de todos sem que aconteça nada. A Casa da Pesca, onde a Rainha D. Maria I gostava de ir à pesca é do século XVIII, está integrada na Quinta do Marquês de Pombal e foi classificada monumento nacional em 1940. Apesar das várias petições, teses académicas e alertas públicos de historiadores, arquitectos e defensores do património, o Estado e a Câmara Municipal de Oeiras ainda não se conseguiram entender sobre a sua recuperação.

E nem sequer é uma questão de dinheiro, já que a Câmara tem 8 milhões de euros para recuperar o Monumento.


Nesta altura a situação que já esteve pendente no Ministério da Agricultura, está nas mãos do Ministério das Finanças através da Direcção-Geral do Tesouro.
A Antena 1 procurou saber como está este processo, mas não obteve resposta.

A Câmara Municipal de Oeiras quer pagar a requalificação do monumento nacional para o abrir ao público, mas acusa o Estado de não agilizar os procedimentos para poder intervir rapidamente.

Oiça a Reportagem de Arlinda Brandão.

A informação mais vista

+ Em Foco

A RTP ouviu os seis lideres partidários sobre temas que escapam aos programas políticos e que contribuem para definir o perfil dos candidatos.

    Uma sondagem da Universidade Católica aponta para o fim da hegemonia laranja na Madeira, apesar da vitória do PSD nas regionais (38%) do próximo domingo.

    Na semana em que se assinala o início da II Guerra Mundial, a RTP conta histórias de portugueses envolvidos diretamente no conflito.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.