Play - Contentor 13

Afonso Cruz

ep. 7 28m

Artes e Cultura

10AP

Afonso Cruz nasceu em 1971, na Figueira da Foz. Anos mais tarde tornou-se num cidadão do mundo, contabilizando no seu mapa de viagens 60 países visitados. Contudo, Portugal foi o país eleito para viver. É num monte alentejano que Afonso Cruz vive com a família, escreve, cultiva uma horta e um pequeno olival e, ainda, fabrica a cerveja que o próprio bebe.
Publicou treze livros de ficção: A Carne de Deus (2008), Enciclopédia da Estória Universal (2009), Os Livros que Devo¬ra¬ram o Meu Pai (2010), A Boneca de Kokoschka (2010), A Contradição Humana (2010), O Pintor Debaixo do Lava-Loiças (2011), Enciclopédia da Estória Universal - Recolha de Alexandria (2012), Jesus Cristo Bebia Cerveja (2012), Enciclopédia da Estória Universal - Arquivos de Dresner (2013), O Livro do Ano (2013), O Cultivo de Flores de Plástico (2013), Assim, Mas Sem Ser Assim (2013), Para Onde Vão os Guarda-Chuvas (2013), Os Pássaros - dos Poemas Voam Mais Alto (2014) e Capital (2014).
Em 2009, Afonso Cruz foi distinguido com o Grande Prémio de Conto Camilo Castelo Branco e foi, ainda, vencedor do Prémio Literário Maria Rosa Colaço. A Boneca de Kokoschka, em 2010, valeu-lhe o Prémio da União Europeia para a Literatura. Em 2011, o escritor alcançou com publicação de A Contradição Humana, o Prémio Autores 2011 SPA/RTP, escolhido para a exposição White Ravens, menção especial do Prémio Nacional de Ilustração, Lista de Honra do IBBY (International Board on Books for Young People) e Prémio Ler/Booktailors na categoria Melhor Ilustração Original.

O Prémio Time Out - Melhor Livro do Ano, em 2012, foi também atribuído a Afonso Cruz, pelo livro Jesus Cristo Bebia Cerveja, o qual foi finalista dos prémios Fernando Namora e Grande Prémio de Romance e Novela APE.
É, igualmente, Ilustrador, Realizador e Músico. Enquanto ilustrador, Afonso Cruz tem a sua assinatura numa das publicações infantil, que outrora fez sucesso em Portugal, A Revista Rua Sésamo, tendo ainda realizado diversas ilustrações para manuais escolares, storyboards, publicidade e livros de autores como Alice Vieira. Na música, expressa o seu talento na banda de blues/roots The Soaked Lamb, com a qual gravou os álbuns Homemade Blues, Hats and Chairs, Evergreens. Na área do cinema de animação, Afonso Cruz trabalhou em inúmeras séries e filmes de autor e publicidade, destacando-se a curta-metragem Dois Diários e um Azulejo, baseado na obra do poeta português Mário de Sá Carneiro e realizado em conjunto com Luís Alvoeiro e Jorge Margarido, a qual foi merecedora das menções honrosas Cinanima e Famafes e de um prémio do público.

Convidados: Marta Bernardes (amiga/atriz) e Clara Capitão (amiga/editora)

duração total 28m
posição atual:
ir para o minuto: