Play - Design PT
ep. 10 28m

Outros

12AP

Em 1886 José Olaio criou uma empresa que nos 100 anos seguintes conquistou a casa de muitos portugueses. As primeiras encomendas significativas dos Móveis Olaio apareceram nos anos 30 com a Emissora Nacional a pedir cadeiras e a Assembleia Nacional a encomendar mobiliário para a sala de comissões do Governo, ainda hoje a uso. É com a Olaio que se vai assistir à transição do trabalho manual para o industrial no mobiliário português. Décadas antes da marca sueca IKEA chegar a Portugal, o prestígio da Olaio já tinha chegado à Suécia, tendo a marca sueca chegado a encomendar no fim dos anos 70 uma série de 100 cadeiras à fábrica portuguesa. Esta marca histórica será relançada este ano. Além da reedição de modelos antigos a Olaio irá também apostar no design português contemporâneo.
José Espinho deixou um legado inesgotável ainda hoje presente em muitos dos lugares que habitamos, desenhou o mobiliário que mais historia fez em Portugal: foi o designer responsável pela estética industrial dos móveis Olaio, onde esteve de 1951 a 1973, tendo dado um enorme impulso ao design da marca portuguesa.
No design de comunicação, destaque neste episódio para o atelier B2 do designer José Brandão. O desenho e a ilustração ocupam um lugar fundamental na obra deste designer, ao longo de mais de 40 anos de profissão e em projetos tão diversos como identidades gráficas, cartazes, capas de discos, selos ou projetos editoriais. O disco "O coro dos tribunais" de José Afonso, um dos mais icónicos trabalhos gráficos da década de 70, é um dos melhores exemplos da transposição do universo onírico de José Brandão para um trabalho comercial. Além dos projetos para a Fundação Gulbenkian, um dos projetos mais marcantes do atelier B2 e que está na memória de todos os portugueses é a imagem dos CTT, um clássico do design português.
No design gráfico, foco também para a obra incontornável de Sebastião Rodrigues. O Almanaque é um excelente exemplo do sentido criativo e experimental de Sebastião Rodrigues, que se traduziu num estilo inconfundível ao longo de 14 números da revista Almanaque, dirigida por José Cardoso Pires de 1959 e 1961.

duração total 28m
posição atual:
ir para o minuto:

Instale a aplicação RTP Play

Disponível para iOS, Android, Apple TV, Android TV e CarPlay