Ex-Twitter. Elon Musk planeia remover títulos de links para notícias na X

por Rachel Mestre Mesquita - RTP
Elon Musk participa na conferência "Viva Technology" em Paris, França, 16 de junho de 2023. Gonzalo Fuentes - Reuters

A empresa X, de Elon Musk, está a tentar alterar a visualização dos links para as notícias que aparecem na rede social anteriormente designada como Twitter, alteração que pode vir a prejudicar a capacidade dos editores de notícias para atrair audiências. O objetivo será aumentar o número de subscritores premium da plataforma.

A rede social X planeia remover o título e o texto dos artigos noticiosos, mantendo apenas a imagem principal dos links partilhados na plataforma, anunciou Musk na segunda-feira, numa publicação na sua conta da rede social.

A notícia foi divulgada pela revista Fortune e confirmada numa publicação de Elon Musk ao final do dia: "Isto vem diretamente de mim. Vai melhorar muito a estética", escreveu.


Atualmente, os links de notícias aparecem na linha do tempo dos utilizadores da rede social como “cartões”, juntamente com uma imagem, um endereço da fonte e um título resumido. A atual apresentação ajuda a atrair cliques e, por sua vez, ajuda os editores de notícias a ganhar leitores através das redes sociais. 

Para já, ainda não é claro o impacto que o novo design previsto terá sobre os anunciantes na rede social X, que conta com 540 milhões de utilizadores mensais, segundo afirmou Musk em julho 2023.

Mas sem a possibilidade de visualização de título e texto nos artigos - e com o possível encurtamento dos links - os utilizadores poderão escrever mais texto nas suas publicações, sobretudo se subscreverem o serviço premium, que permite uma única mensagem de até 25 mil caracteres.

Desde outubro de 2022 - altura em que Elon Musk tomou o controlo do Twitter - que a rede social teve várias atualizações, muitas das quais tiveram um impacto negativo para os meios de comunicação social, que são grande parte dos seus utilizadores.

"Se você é um jornalista que quer mais liberdade para escrever e um rendimento maior, então publique diretamente nesta plataforma!", publicou esta semana na sua conta da rede social X.

Através das mudanças, a rede social X pretende apresentar-se como uma plataforma mais relevante para os produtores de conteúdos: com a subscrição do serviço premium, os subscritores podem publicar vídeos mais longos, as mensagens aparecem mais acima e também recebem uma parte das vendas de anúncios.

c/ Reuters
pub