Índia localizou a sonda da missão lunar Chandrayaan-2

| Mundo

Sonda lunar Vikram da missão espacial indiana Chandrayaan-2
|

A Organização Indiana de Pesquisa Espacial localizou este domingo a sonda da missão Chandrayaan-2. O módulo Vikram foi encontrado na superfície lunar, um dia depois de ter perdido as comunicações com a estação espacial indiana. A sonda deveria ter alunado esta sexta-feira na região polar da Lua, mas o sinal perdeu-se a um quilómetro da aterragem.

“O Vikram foi localizado a 500 metros do local calculado. Estamos a tentar estabelecer contato com o lander”, partilhou nas redes sociais o diretor da agência espacial, Kailasavadivoo Sivan.

A sonda estava programada para aterrar num planalto, a cerca de 600 quilómetros do polo sul, situado entre duas crateras apelidadas de Manzinus-C e Simpelius-N.

A Chandrayaan-2 deveria ter pousado esta sexta-feira por volta das 21h20 (hora de Lisboa). A  aterragem decorreu normalmente até ficar a dois quilómetros da superfície lunar. No entanto, a comunicação perdeu-se a quase um quilómetro de pousar na Lua.

"Deve ter sido uma aterragem forçada", afirmou Kailasavadivoo Sivan.

De acordo com os cientistas, o veículo espacial só foi localizado devido a uma imagem térmica da órbita da missão.

O presidente da Organização Indiana de Pesquisa e Espaço revelou ainda que a agência continua a tentar estabelecer contacto com a sonda lunar.

A ISRO continua os esforços para restaurar a conexão com o módulo Vikram, mas o tempo está a esgotar-se e a possibilidade de restabelecer a comunicação parece cada vez menos provável”, escreveu Kailasavadivoo Sivan no Instagram.
Ver esta publicação no Instagram

#ISRO #Chandrayaan2 #VikramLander

Uma publicação partilhada por Kailasavadivoo Sivan (@ksivan_isro) a


A missão espacial Chandrayaan-2, cujo nome significa “nave lunar”, pretende mapear a superfície lunar para estudar as variações na sua composição. O investimento de 141 milhões de dólares tem um dos objetivos mais ambiciosos: explorar pela primeria vez o polo sul da Lua, o lado mais escuro da superfície lunar.

Agora somos o primeiro país a pousar o polo sul da Lua. Parabéns à equipa. Espero que possamos entrar em contacto com a sonda Vikram em breve”, escreveu a ISRO no Twitter.
O lançamento da missão espacial Chandrayaan-2 foi realizado no dia 22 de julho.

Até agora, apenas os Estados Unidos, a antiga União Soviética, a China e agora a Índia pousaram, com sucesso, na superfície lunar.

Tópicos:

ISRO, Lua, Índia, Missão Espacial, TÓPICOS: Chandrayaan-2,

A informação mais vista

+ Em Foco

A RTP ouviu os seis lideres partidários sobre temas que escapam aos programas políticos e que contribuem para definir o perfil dos candidatos.

    Uma sondagem da Universidade Católica aponta para o fim da hegemonia laranja na Madeira, apesar da vitória do PSD nas regionais (38%) do próximo domingo.

    Na semana em que se assinala o início da II Guerra Mundial, a RTP conta histórias de portugueses envolvidos diretamente no conflito.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.