MNE não comenta mandado do TPI contra Netanyahu

por Rosa Azevedo

EPA

Contactado pela Antena1, o Ministério português dos Negócios Estrangeiros declina pronunciar-se sobre o mandado de detenção emitido pelo Tribunal Penal Internacional contra o primeiro-ministro israelita.

Contra ou a favor, vários países já se manifestaram relativamente à posição adotada pelo tribunal com sede em Haia. O procurador do TPI Karim Khanpediu ontem a emissão de mandados internacionais de detenção contra Benjamin Netanyahu e vários dirigentes do movimento palestiniano Hamas, por crimes de guerra.
pub