Morreu Stephen Hawking

| Mundo

Stephen Hawking morreu aos 76 anos
|

O físico inglês, paralisado por uma doença degenerativa, que se tornou conhecido por produzir algumas das teorias mais importantes da física moderna, morreu esta quarta-feira.

Stephen Hawking tinha 76 anos. A notícia foi avançada por um porta-voz da família.

Stephen Hawking estava profundamente debilitado. O cientista sofria de uma doença degenerativa há vários anos. Só se movia em cadeira de rodas e recorria a um computador para poder falar.

Entre as teorias mais célebres de Stephen Hawking está uma relacionada com a formação do universo e com buracos negros.


O cientista britânico morreu na sua residência, na cidade inglesa de Cambridge. Sua família enviou uma declaração oficial à imprensa confirmando a morte do físico e cosmólogo. Lucy, Robert e Tim, seus filhos, afirmaram que Hawking era "um grande cientista e um homem extraordinário cujo trabalho e legado viverão por muitos anos".

Considerada uma das mentes mais brilhantes da história da ciência, ele fez grandes contribuições à comunidade científica, com teorias como a do espaço-tempo e do funcionamento dos buracos negros, a partir das quais conseguiu aproximar o público de temas que poderiam parecer complexos para muitos.

Hawking realizou seu trabalho académico nas universidades britânicas de Oxford e Cambridge. Autor de best-sellers como "Uma Breve História do Tempo" e "O Universo numa Casca de Noz", o cientista foi responsável por popularizar a física teórica junto de um público leigo.

A informação mais vista

+ Em Foco

O Conselho Europeu informal de Salzburgo tem em cima da mesa dossiers sensíveis, com a imigração e o Brexit no topo da agenda. A RTP preparou um conjunto de reportagens especiais sobre esta cimeira.

    Nas eleições primárias, alguns dos mais conceituados senadores democratas foram vencidos por candidatos mais jovens, progressistas e, alguns deles, socialistas.

      Em 1995, dois estudantes desenvolveram um motor de pesquisa. Dois anos depois, Andy Bechtolsheim passou um cheque no valor de 100 mil dólares. Nesse dia, fez-se história: a Google nasceu.

        Os novos desenvolvimentos no diferendo comercial entre os Estados Unidos e a China vieram lançar ainda mais dúvidas sobre os próximos passos que os dois lados poderão adotar.