António Esteves

António Esteves

Opiniões mais Recentes

Ainda vamos ter de esperar alguns meses, talvez um ano ou mais, até que se perceba o que realmente aconteceu no verdadeiro inferno em que se tornou a estrada 236-1, apelidada de forma cruel de estrada da morte. Há muitas pessoas que até agora ainda não falaram, não contaram o que sabem, o que viram ...

    A greve é um direito, que demorou muitos anos e que exigiu muito esforço e muitos sacrifícios a conquistar. É um direito inalienável que deve ser exercido com total liberdade e sem pressões da entidade empregadora. Mas por tudo isto é um direito que deve ser exercido com a maior responsabilidade e ...

      Como seres humanos que somos, permeáveis aos sentimentos, vivemos entre extremos. Variamos entre a depressão e a euforia com uma velocidade estonteante. Os estados de alma são incontroláveis e mudam à velocidade dos estímulos da vida actual que raramente nos permite o luxo de pensarmos, de pararmos ...

        Não procurem mais. A culpa é nossa. Dos portugueses. Principalmente das classes média e baixa. Fomos nós, todos em conjunto, irmanados pela desgraça, que conseguimos levantar este país e levá-lo aos números actuais, que não sendo motivo para grandes euforias estão pelo menos a dar o sinal certo. ...

          Não é uma questão de se gostar ou não da canção ou da voz do Salvador, é legítimo não gostar, o problema são os comentários mal intencionados, maldosos e cruéis feitos por pessoas que em muitos casos não conseguem dizer ou escrever duas frases sem um erro de português. Ou seja, pessoas sem noção ...

            Andamos todos por estes dias atordoados com um jogo - parece que há pelo menos quatro variantes no mundo inteiro alimentadas por redes sociais da darknet - que promove e estimula a auto-mutilação e o suicídio nos jovens. É mais um daqueles fenómenos que aparecem de repente, para os quais não ...

              Encontro várias razões para o estranho baptismo do aeroporto do Funchal, e nenhuma delas me parece boa. Além disso é uma decisão polémica, mal sustentada e que não vai trazer nada de extraordinário, nem a Cristiano Ronaldo nem à região.

                Ninguém sabe o resultado das autárquicas e, tal como acontece em democracias verdadeiras, a incerteza vai manter-se até ao próprio dia em que os portugueses vão às urnas para escolher os representantes que querem ver no poder local, mas existe desde já uma certeza: o processo de escolha dos ...

                  Num mundo de extremismos e posições radicais, de vínculos ideológicos profundos, onde abundam as claques e o preto e branco, e onde ninguém aceita cores intermédias, as discussões estão à partida inquinadas pelo preconceito e pela falta de disponibilidade para estudar, avaliar, pensar e concluir, ...

                    Eu sou tolerante com a diferença desde que me conheço, mas não admito que nos tentem obrigar a ser todos iguais. A forma de respeitar a diferença não é misturar tudo fingindo que ela não existe, é assumi-la sem medos nem receios, tolerando o que é diferente, explicando que é natural e promovendo o ...

                      As lideranças são como os chapéus. Há muitas, das mais diversas formas e feitios. Mas, tal como os chapéus, há preceitos básicos que não podem ser descurados para não haver o risco de um fracasso total no resultado. Por exemplo, no caso dos chapéus, o tamanho. Deve ser o número correcto para que ...

                        A profissão de jornalista é cada vez mais maltratada por todas as razões. A maior parte das pessoas que decidiu abraçar esta profissão está cada vez mais sujeita à instabilidade, insegurança e fragilidade nos vínculos com as empresas empregadoras e na vida em geral, que se torna precária e incerta.

                          O caso da Caixa Geral de Depósitos, não apenas o histórico dos últimos anos mas também as dificuldades em encontrar uma liderança estável e de confiança, diz bem do caminho que vai ter de ser percorrido até que exista no país uma cultura de responsabilidade e de serviço público, que pense primeiro ...

                            Este novo ano de 2017 começou com alguns clássicos de início de ano que nos deixam de cabelos em pé e com a certeza de que a bestialidade humana, sendo incontrolável, está mesmo ali ao virar da esquina e que podemos dar de caras com ela de um momento para o outro.

                              A entrevista de Nuno Morais Sarmento à Rádio Renascença não podia ser mais esclarecedora. Ao seu estilo habitual, frontal e directo ao assunto, sem rodeios, o ex-ministro antecipou de forma clara o que aí vem em termos de luta pela liderança no PSD.

                                Ainda mal refeitos do abanão que a vitória do Brexit provocou, na Europa e no mundo em geral, e depois do alerta de tsunami político que a vitória de Donald Trump veio accionar, eis que no próximo dia 4 pode voltar a haver um terramoto de consequências imprevisíveis com epicentro num país que por ...

                                  A sociedade portuguesa é muito rica em mitos que são alimentados há vários anos como sendo verdades absolutas, provadas e por isso incontestáveis. Boa parte desses mitos radica nos hábitos da nossa vida em sociedade há muitas décadas, mas curiosamente continua a valer nos dias de hoje sem que quase ...

                                    Há uns anos, num dos meus primeiros trabalhos na SIC, fui integrado na equipa que ia acompanhar a noite eleitoral do Benfica. Tinha sido uma campanha muito dura, com uma acesa troca de palavras entre Vale e Azevedo e Manuel Vilarinho. A SIC era acusada de ter apoiado a campanha de Vale e Azevedo e ...

                                      Já aconteceu no caso de Manuel "Palito", e em outros casos menos mediáticos, e está a acontecer agora no caso de Pedro "Piloto" Dias, com o ruído que a gravidade da situação justifica. Há um psicopata a fazer "gato sapato" de dezenas e dezenas de operacionais, alguns das equipas de elite, de duas ...

                                        Ponto prévio que deve acompanhar, não estando lá escrito, o início de todas as frases deste artigo: fiquei obviamente indignado, para não dizer enojado, pelas declarações do Jorge Máximo a defender que "as leis são como as meninas virgens, existem para serem violadas". Sou pai de uma menina de 5 ...

                                          O pior de tudo nesta polémica que envolve taxistas tradicionais e as plataformas de transporte Uber e Cabify são as generalizações perigosas que aparecem sempre nestas ocasiões.

                                            António Barreto é culto, inteligente, pensa e analisa, lê mais do que a maioria das pessoas e escreve menos do que a maior parte dos comentadores, mas anda nisto há muitos anos, escreveu em vários jornais e pelo menos nesse ponto nunca lhe ouvimos nenhuma queixa sobre a falta de pluralismo. ...

                                              Há momentos na nossa vida, pessoal e profissional, em que temos de fazer um acerto de rumo, de comportamentos ou até uma refundação total dependendo do ponto a que chegámos e dos objectivos pessoais e profissionais que queremos alcançar. É um momento de renovação, que todos prometemos a nós ...

                                                Com todas as virtudes e defeitos a geringonça vai funcionando. Nem é o desastre que alguns antecipavam, nem funciona às mil maravilhas como alguns querem fazer crer. Mas com a ajuda do optimismo "irritante" do primeiro-ministro - como lhe chamou Marcelo -, e da capacidade negocial de Catarina ...

                                                  Nós, os portugueses, temos o péssimo hábito de não ligarmos nenhuma a um dos maiores tesouros nacionais. O riquíssimo acervo de ditados populares, locuções e expressões correntes que herdamos de tempos ancestrais e que nos podiam servir no dia a dia de forma a não cometermos erros básicos e fatais. ...

                                                    Ele está ali sentado, coberto de pó e de sangue, olhar parado, um olho que mal abre. Fita-nos sentado naquela cadeira laranja, quase sem pestanejar, através das objetivas de repórteres corajosos que tentam mostrar a crueldade da guerra na Síria. Apático, Omran Daqneesh parece ter ficado em estado ...

                                                      Um dia destes, quando a meteorologia nos refrescar e nos deixar repousar da praga dos incêndios, os bombeiros vão voltar para os quartéis. Deixam a aura de heróis que todos alimentamos por estes dias de inferno e voltam às vidas normais, muitas vezes difíceis, sem que sejam reconhecidos pelas suas ...

                                                        O caso é complexo e merece ser tratado nas suas mais diversas vertentes de forma separada para que não se misturem as águas e se entre em juízos confusos.

                                                          Há anos que um dos maiores problemas das grandes cidades é a falta de reabilitação urbana. Prédios degradados ou mesmo devolutos, que colocam em causa muitas vezes a integridade física e a segurança dos cidadãos e que servem de "ninho" a criminosos ou toxicodependentes.

                                                            "Notícia é publicar aquilo que alguém não quer que se publique. Todo o resto é publicidade" - William Randolph Hearst (frase atribuída de forma errada a George Orwell).

                                                              É um dos aspectos mais nefastos e perigosos de uma organização, o exercício do "pequeno poder" ou "poderzinho", muito em voga nos dias de hoje em Portugal e que nos alimenta as conversas diárias nos momentos de convívio mais distendido. Prometi a muitos dos meus interlocutores nestas conversas que ...

                                                                Vamos ser claros, o que é que queremos deste Europeu de França? Jogar bonito, com futebol perfumado e com nota artística - o futebol sexy que Ruud Gullit encontrou na selecção portuguesa de 1996 - ou ganhar os jogos, mesmo que no último minuto e num remate atabalhoado como nos acontecia no futebol ...