Médicos de família propõem dez medidas para melhorar resposta à pandemia

por Antena 1

Foto: SIM/DR

Os médicos de família afirmam que é preciso rever os meios de combate à pandemia, assim como o regresso da normalidade aos centros de saúde.

Para estes profissionais, é preciso ter um médico em permanência nos centros de vacinação e devem ser criados sistemas automáticos para alguns dos documentos necessários quando alguém testa positivo.

O presidente do Colégio de Medicina Geral e Familiar da Ordem dos Médicos, Paulo Santos, diz que Portugal deve seguir o exemplo de outros países e reorganizar a resposta à covid-19.

Paulo Santos considera que muito do trabalho que hoje ocupa o tempo dos médicos resolver-se-ia se houvesse uma comunicação mais eficaz.
pub