Número de mortos do acidente automóvel em Beja sobe para três

| País

O número de mortos do acidente automóvel ocorrido em Beja, no domingo à noite, subiu para três e um dos feridos graves foi transferido para o Hospital de S. José, em Lisboa, revelou hoje fonte hospitalar.

A terceira vítima mortal, um homem de 27 anos, foi um dos três feridos graves levados para o hospital de Beja, na sequência do acidente, mas "faleceu pouco tempo depois de ter dado entrada" na unidade, disse à agência Lusa a fonte da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA).

Duas outras pessoas, um homem de 25 anos e uma mulher de 51, tinham morrido no local da colisão envolvendo dois automóveis, no domingo à noite, na Estrada Nacional 18, perto de Penedo Gordo, no concelho de Beja.

O acidente, acrescentou a fonte hospitalar, provocou ainda ferimentos graves num homem de 46 anos, que continuava hoje de manhã em observação no hospital de Beja, e num homem de 25 anos, transferido hoje de madrugada da unidade alentejana para o Hospital de S. José, em Lisboa.

O Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Beja indicou à Lusa, no domingo, que os bombeiros receberam o alerta para o acidente às 21:33.

Segundo a GNR, a estrada onde se verificou o sinistro, que liga Beja a Ervidel (Aljustrel), teve de ser cortada nessa zona, nos dois sentidos, para as operações de socorro, mas foi reaberta mais tarde.

Os corpos das três vítimas mortais foram transportados para os serviços de Medicina Legal de Beja.

As operações de socorro mobilizaram operacionais e veículos dos bombeiros, da GNR e do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), nomeadamente a viatura médica de emergência e reanimação (VMER) do hospital de Beja e um helicóptero.

A averiguação das causas do sinistro está a cargo do Núcleo de Investigação de Crimes de Acidentes de Viação (NICAV) da GNR.

Tópicos:

Beja, Estrada, Legal, Socorro CDOS,

A informação mais vista

+ Em Foco

Uma semana após a extinção do incêndio de Monchique, a televisão pública esteve no barlavento algarvio com uma emissão especial sobre o cíclico flagelo dos incêndios e as alterações climáticas.

    Fãs de Aretha Franklin homenagearam a icónica cantora norte-americana em várias cidades dos Estados Unidos. A rainha da Soul morreu na manhã de quinta-feira na sua casa em Detroit.

      Uma parte central da Ponte Morandi, em Génova, Itália, desabou na manhã de terça-feira durante uma tempestade. Morreram dezenas de pessoas.

        Há uma nova rota turística pela cidade de Lisboa, baseada em memórias de lisboetas mais antigos. São beneficiários da Associação Mais Proximidade Melhor Vida.