Português acusado por imigração ilegal voltaria a fazer tudo de novo

| País
Português acusado por imigração ilegal voltaria a fazer tudo de novo

RTP

O português Miguel Duarte, acusado pelas autoridades italianas de apoio à imigração ilegal, espera ter o apoio do Estado português na sua defesa.

"É suficiente para começar", diz Miguel Duarte, ao saber qual a posição dada esta manhã à Antena 1 pelo ministro Augusto Santos Silva.


O português refere ainda que sabendo qual a posição do nosso país face à questão da migração, dos refugiados e da ajuda humanitária, espera que o Governo esteja do lado dele, do lado das Organizações Não-Governamentais, que resgatam pessoas no Mediterrâneo.

Miguel Duarte enfrenta uma condenação que pode ir até aos 20 anos de cadeia.

O voluntário português está convicto que a justiça italiana vai perceber que este processo não passa de um erro.

Miguel Duarte continua a defender esta causa e afirma que não se arrepende de nada. E se pudesse estaria outra vez no Mediterrâneo a ajudar quem tenta chegar à Europa.

Relacionados:

A informação mais vista

+ Em Foco

Foi há 50 anos que o Homem partiu para a Lua. De Cabo Canaveral, nos EUA, seguiram três astronautas para colocar os nomes na história da humanidade.

Ouvido pela RTP, o artista chinês mostra-se convicto de que Hong Kong e Macau não serão, no futuro, controlados pela China.

Começa a legislatura do Parlamento Europeu saído das últimas eleições. Conheça aqui os eurodeputados portugueses e as suas prioridades.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.