Bruxelas multa norte-americana Qualcomm em 242 milhões de euros por prejudicar concorrência na UE

| Europa-Comissão Europeia

A Comissão Europeia multou hoje a tecnológica norte-americana Qualcomm, que produz componentes para telemóveis, em 242 milhões de euros por abuso de posição dominante no mercado na tecnologia de terceira geração (3G), uma coima "histórica", segundo Bruxelas.

"A Comissão Europeia multou a Qualcomm em 242 milhões por abusar da sua posição dominante no mercado de `chipsets` (componentes eletrónicos que permitem a ligação à internet) na tecnologia 3G", indica o executivo comunitário em comunicado.

Após uma investigação, Bruxelas concluiu, assim, que "a Qualcomm vendeu abaixo do custo de mercado com o objetivo de forçar a sua concorrente, Icera, a sair do mercado, o que é ilegal nas regras de concorrência da UE", acrescenta.

"É uma multa histórica", comentou a comissária europeia responsável pela área da Concorrência, Margrethe Vestager, em conferência de imprensa em Bruxelas.

Tópicos:

Qualcomm,

A informação mais vista

+ Em Foco

Uma sondagem da Universidade Católica aponta para o fim da hegemonia laranja na Madeira, apesar da vitória do PSD nas regionais (38%) do próximo domingo.

Na semana em que se assinala o início da II Guerra Mundial, a RTP conta histórias de portugueses envolvidos diretamente no conflito.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.