Google revela ferramentas para prevenir anúncios associados a conteúdos indesejáveis

| Tecnologia

|

A Google, que tem visto uma série de empresas retirarem anúncios por aparecerem ao lado de conteúdos indesejáveis ou controversos, revelou esta terça-feira estar a introduzir novas ferramentas para dar às firmas um maior controlo.

"Sabemos que os anunciantes não querem os seus anúncios ao lado de conteúdos que não respeitam os seus valores. Por isso, a partir de hoje, vamos tomar uma posição mais dura relativamente a conteúdos agressivos, ofensivos ou insultuosos", explicou o diretor comercial da Google, Philipp Schindler, no site do gigante da Internet.

Tópicos:

Google Philipp Schindler,

A informação mais vista

+ Em Foco

A presidente do CNAPN diz que a chave está nos líderes das mesquitas e pede mais apoio do Alto Comissariado para as Migrações.

    Marco Aurélio de Mello considera que a prisão de Lula da Silva, após condenação em segunda instância, viola a Constituição brasileira.

      Sintra podia ser uma "mini Davos". A sugestão foi feita informalmente por um dos académicos que participou na reunião do BCE concluída em 20 de junho.

        Dados revelados no Digital News Report de 2018 do Reuters Institute.