Google revela ferramentas para prevenir anúncios associados a conteúdos indesejáveis

| Tecnologia

|

A Google, que tem visto uma série de empresas retirarem anúncios por aparecerem ao lado de conteúdos indesejáveis ou controversos, revelou esta terça-feira estar a introduzir novas ferramentas para dar às firmas um maior controlo.

"Sabemos que os anunciantes não querem os seus anúncios ao lado de conteúdos que não respeitam os seus valores. Por isso, a partir de hoje, vamos tomar uma posição mais dura relativamente a conteúdos agressivos, ofensivos ou insultuosos", explicou o diretor comercial da Google, Philipp Schindler, no site do gigante da Internet.

Tópicos:

Google Philipp Schindler,

A informação mais vista

+ Em Foco

Foi considerado o “pior dia do ano” em termos de fogos florestais, com a Proteção Civil a registar 443 ocorrências. Morreram 45 pessoas. Perto de 70 ficaram feridas. Passou um mês desde o 15 de outubro.

    Todos os anos as praias portuguesas são utilizadas por milhões de pessoas de diferentes nacionalidades e a relação ambiental com estes espaços não é a mais correta.

      Doze meses depois da eleição presidencial de 8 de novembro de 2016, com Donald Trump ao leme da Casa Branca, os Estados Unidos mudaram. E o mundo afigura-se agora mais perigoso.

        Uma caricatura do mundo em que vivemos.