Google revela ferramentas para prevenir anúncios associados a conteúdos indesejáveis

| Tecnologia

|

A Google, que tem visto uma série de empresas retirarem anúncios por aparecerem ao lado de conteúdos indesejáveis ou controversos, revelou esta terça-feira estar a introduzir novas ferramentas para dar às firmas um maior controlo.

"Sabemos que os anunciantes não querem os seus anúncios ao lado de conteúdos que não respeitam os seus valores. Por isso, a partir de hoje, vamos tomar uma posição mais dura relativamente a conteúdos agressivos, ofensivos ou insultuosos", explicou o diretor comercial da Google, Philipp Schindler, no site do gigante da Internet.

Tópicos:

Google Philipp Schindler,

A informação mais vista

+ Em Foco

Entrevistado no 360, da RTP3, o ministro das Finanças quis sublinhar que o seu cargo governativo não é exclusivo e pode ser compatível com a presidência do Eurogrupo.

Há muitas perguntas no caminho e muitas respostas que só o caminho pode dar. Pela Última Vez - Histórias sobre o fim que não acaba é o título de uma grande reportagem de Isabel Meira para a rádio pública.

Um atentado suicida em Manchester provocou 22 mortos e dezenas de feridos. A explosão decorreu no final de um concerto da digressão de Ariana Grande Dangerous Woman Tour.

    Um dos mais famosos discos dos Beatles faz agora 50 anos. O histórico álbum "Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band" regressou às lojas com várias edições especiais.