Play - 3 Mulheres - Pós Revolução

Ep. 5

Duração: 42min

Género: Ficção

Class.: 12AP

RTP1

A visita de Maria Armanda ao COPCON acaba por ser desconcertante. O Comandante Otelo recebe-a com cortesia e um toque de sedução.
Snu pondera, pela primeira vez, abandonar Portugal. A crise conjugal com Vasco talvez seja o principal motivo. É um tempo instável. O trabalho na editora, que tem de suprir financeiramente com demasiada frequência, parece ultrapassá-la. Snu procura reaver o controlo da sua vida. A instalação de um comutador à porta do gabinete, como uma espécie de semáforo, é um dos sinais da sua presente turbação.
Natália faz um breve retiro num hotel à beira-mar, na companhia de Dórdio. E, inopinadamente, entre o pessoal do hotel, reencontra Julieta, passados mais de 10 anos. Mas, no dia seguinte, tal como apareceu, Julieta eclipsou-se misteriosamente.
Dulce e Guilherme prestam provas para admissão na PSP e os resultados surpreendem os dois irmãos, que encaram o futuro de formas muito diferentes.
Com o regresso de Esteves Pinto do exílio, Maria Armanda luta por realizar um velho sonho, fundar um jornal. Nasce "O Diabo". Maria Armanda tem, pela primeira vez, plena liberdade editorial. "O Diabo" é a sua tribuna, sob o pseudónimo de Vera Lagoa. Ao segundo número, repete o ataque ao Presidente Costa Gomes. O jornal é apreendido e suspenso preventivamente pelo Conselho da Revolução.

Play - 3 Mulheres - Pós Revolução
Género: Ficção Class.: 12AP RTP1

3 Mulheres - Pós-Revolução é uma ideia original de Fernando Vendrell e Elsa Garcia, protagonizada por Soraia Chaves, Maria João Bastos e Victoria Guerra, que conta a história de Natália Correia, Snu Abecassis e Maria Armanda Falcão/Vera Lagoa
3 Mulheres - Pós-Revolução é uma história sobre um ciclo da vida portuguesa, entre o 25 de Abril de 1974, "O dia inicial inteiro e limpo", com o derrube do Estado Novo pelo Movimento das Forças Armadas, e o ano de 1982, com o fim do Conselho da Revolução e a primeira revisão da nova Constituição. Anos convulsos e transformadores da fundação da Democracia.

O dia 25 de Abril de 1974 pôs fim ao Estado Novo, à Polícia Política, à Censura e à Guerra Colonial. E trouxe uma interrogação nova: o que fazer da Revolução? Natália Correia, Snu Abecassis e Maria Armanda Falcão/Vera Lagoa viveram intensamente esse tempo de mudança, destacando-se na área da edição de livros, nos jornais, na cultura e na atuação política, e procuraram essa resposta, do Período Revolucionário em Curso até à consolidação da Democracia no início dos anos 80.

duração total 42min
posição atual:
ir para o minuto:

episódios disponíveis

Temporada |
624812

Instale a aplicação RTP Play

Disponível para iOS, Android, Apple TV, Android TV e CarPlay