Play - Linha da Frente

À Espera da Paz

ep. 40 28m

Informação - Actualidades

Uma equipa da RTP esteve durante cinco dias nos campos de refugiados no Líbano, onde acompanhou o dia a dia dos migrantes sírios.
O Líbano é o mais pequeno dos países vizinhos da Síria e o que mais refugiados tem recebido. Atualmente este país tem quatro milhões de residentes, em que dois milhões são refugiados que chegaram ao longo dos últimos quatro anos de guerra no país vizinho.
A RTP recolheu testemunhos de homens, mulheres e crianças que fugiram da guerra da Síria com a roupa que tinham no corpo, pais que saíram do seu país com os seus filhos de 12 e 13 anos, que tanto o exército de Assad como o dos rebeldes os queriam tornar "meninos-soldados".
As condições de vida destes refugiados são deploráveis, vivem em pequenas barracas de plástico e num espaço de 10m2 chegam a dormir entre 6 a 7 pessoas. Os únicos apoios que recebem são de organizações como a Cáritas ou a Unicef, um valor simbólico de 60 cêntimos por dia, pelo que arriscam e tentam arranjar trabalhos ilegais para conseguirem algum sustento para as suas famílias.
Apenas um pequeno número de refugiados tenciona vir para a Europa. Quase todos têm familiares e amigos que morrerem ou tiveram em risco de perder a vida ao atravessar o mar em direção à Grécia, por isso preferem estar ao lado da Síria. Todos têm esperança de em breve voltar para o seu país para reconstrui-lo.
A RTP foi o primeiro órgão de comunicação social português a estar nesta região com os refugiados sírios. Uma reportagem da jornalista Rosário Salgueiro, com imagem de António Antunes e edição de Guilherme Brízido.

duração total 28m
posição atual:
ir para o minuto: