Palácio de Valflores salvo da ruína

por Paula Véran

Foto: Paula Véran / Antena 1

Às portas da cidade de Lisboa, em Santa Iria de Azóia, no concelho de Loures, ergue-se o palácio de Valflores, que esteve na eminência de ruir. Há 5 anos foi mesmo considerado como um dos 14 monumentos mais ameaçados da Europa. Trata-se de uma casa de campo senhorial, residência civil de uma família nobre, a família Barros. O edifício renascentista foi construído no século XVI. A autarquia de Loures, com a ajuda de fundos comunitários não permitiu que este património cultural se perdesse. É um espaço com historia, que permite saber como se vivia há 500 anos e perceber por exemplo, que já nessa altura havia a preocupação de ter uma quinta sustentável em termos do uso da água. Reportagem de Paula Véran

pub