Rainha Isabel II desiste de ir à COP 26

por RTP
Rainha Isabel II de Inglaterra em outubro de 2021 Reuters

É mais uma ausência de peso na cimeira sobre o clima menos popular dos últimos anos. A Rainha Isabel II decidiu "com pena" esta terça-feira anular a sua deslocação à Escócia, onde vai decorrer a COP 26 a partir de domingo.

A soberana de 95 anos esteve uma hospitalizada durante a noite de quarta para quinta-feira da semana passada e apareceu jovial durante a tarde desta terça-feira, para uma audiência virtual com dois novos embaixadores no Reino Unido, da Coreia do Sul e da Suíça, em imagens transmitidas a partir do castelo de Windsor.

Poucas horas depois o Palácio de Buckingham anunciou que a Rainha foi aconselhada a "abrandar" mais uma vez.

"Após um aviso a aconselhar-lhe repouso, a Rainha cumpre compromissos leves no castelo de Windsor. Sua Majestade foi aconselhada a não se deslocar a Glasgow para assistir à recepção do COP 26 a 1 de novembro", referiu o comunicado oficial. Uma fonte próxima da Rainha, citada pelo Sunday Times, reconheceu que Isabel II de 95 anos e monarca há 70 anos, estava "estafada" devido à sua agenda carregada. Isabel II terá tido de renunciar ao seu gin e Dubonnet do almoço e ao seu martini do serão.

"Sua Majestade está desapontada de não poder estar presente mas irá dirigir-se aos delegados reunidos através de uma mensagem video gravada", referiu.

A familia real britânica é um expoente da defesa do meio-ambiente, sobretudo através do príncipe Carlos, herdeiro da coroa, pelo que a presença da Rainha era aguardada com expectativa.

Em meados de outubro a soberana abandonou mesmo a sua habitual fleuma e reserva exprimindo alguma irritação face aos lideres mundiais por "falarem" das alterações climáticas "sem agir", durante uma conversa privada e à margem de um discurso.

A COP 26 nao irá contar com a presença do Presidente chinês, Xi Jinping, nem com a do Presidente russo, Vladimir Putin.

Para o especialista em assuntos da casa real, Richard Fitzwilliams, a Rainha estará sem nenhuma duvida "muito desiludida" por ter de anular a deslocação a COP 26. "É uma decisão que tomaram a contragosto", declarou à agência Frande Presse, "mas é uma decisão razoável".

"Ela sabe que um evento adquire um sabor especial se ela está presente, é por isso que ela faz tudo o que pode", acrescentou, sublinhando que "o Principe de Gales e outros membros da familia real" irão estar em Glasgow para a representar.

Apesar da sua idade avançada e do reinado longo, Isabel II mantém uma aparência robusta em público. A sua última hospitalização, antes da da semana passada, havia sido em 2013 e mesmo em junho foi fotografada a montar.

Contudo já não se desloca ao estrangeiro, fazendo-se representar pelo seu filho Carlos, o herdeiro de 72 anos.

Apesar da especulação, a agenda carregada da Rainha tem afastado a possibilidade de ela abdicar,
mesmo após o abalo sofrido pela morte recente do seu marido, o principe Filipe de 99 anos, em abril passado.
Tópicos
pub