Cantinas sociais são única forma de cada vez mais pessoas terem uma refeição

| País
Cantinas sociais são única forma de cada vez mais pessoas terem uma refeição

Só nos últimos dois meses, o governo já assinou 425 protocolos com várias instituições por todo o país que dão milhares de refeições todos os dias a quem mais precisa. Este número é avançado à Antena1 numa altura em que há cada vez mais pessoas a recorrer às cantinas sociais. A Antena1 foi ao encontro de algumas dessas pessoas.

O desemprego e a crise atiram cada vez mais pessoas para uma situação de carência que as obriga a recorrer às cantinas sociais. Jorge, Rute e Inês são três exemplos de pessoas que tiveram que recorrer às cantinas sociais do concelho de Almada, onde a Misericórdia serve todos os dias 65 refeições.

O Programa de Emergência Alimentar para as cantinas sociais garante a todas as instituições um apoio de 2,5 € por refeição. Os critérios de seleção da escolha de famílias ficam a cargo de cada instituição.

Lista do número de protocolos já celebrados:

Aveiro - 21
Beja - 40
Braga - 29
Bragança - 13
Castelo Branco - 22
Évora - 21
Faro - 34
Guarda - 21
Leiria - 18
Lisboa - 49
Portalegre - 20
Porto - 26
Santarém - 16
Setúbal - 8
Viana do Castelo - 11
Vila Real - 20
Viseu - 40
Coimbra – 26

Fonte: Ministério da Solidariedade e Segurança Social.

Relacionados:

A informação mais vista

+ Em Foco

Meio século depois, o Parlamento soviético dos finais da Guerra Fria repudiou o Pacto. Decorridos mais 30 anos, Putin quer reabilitá-lo.

    A receita da venda desta madeira ultrapassará os 15 milhões de euros, que devem ser investidos na nova Mata do Rei.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.