Os Nossos Dias

Ep. 29907 Abr. 2016 | temporada II

Play - Os Nossos Dias

Ep. 299

Duração: 40min

Género: Telenovelas

Class.: 10AP

RTP1

Glória revela a Xana que Edgar ficou em prisão preventiva e acusa-a de ser a responsável porque afinal ele só se entregou porque ela o ia denunciar. Regina surpreende todos quando apresenta dois bilhetes para ir com Sidónio aos jogos olímpicos. Quando todos criticavam Regina por ter perdido o dinheiro sem ajudar os amigos taxistas e sobretudo Sidónio que não podendo competir na Luta Livre gostava de estar presente, Regina deixa os colegas todos de boca aberta ao oferecer os bilhetes. Cecília diz a Rute para ir embora porque o posto de trabalho dela como assistente pessoal de Jaime está extinto. Rute ainda tenta responder mas percebe que não pode fazer nada perante a nova diretora executiva. Regina revela aos taxistas que não ficou com o dinheiro da herança. Só disse que o namorado tinha levado tudo por não ouvir os colegas. A chefe explica ainda que decidiu premiar Sidónio porque foi o único que continuou a apoiá-la mesmo quando ela disse que não tinha dinheiro. Maria João e Paulo ficam muito ofendidos mas também acabam por concluir que não precisam do dinheiro de Regina porque já tem as suas carreiras orientadas. Já quanto a Valdemar, Regina decide promovê-lo a gerente da central de táxis enquanto ela estiver a viajar com Sidónio. Sofia diz a Margarida que está preocupada com Teresa porque Emília foi para casa dela e a rapariga tem medo de a pôr fora. Emília, entretanto, comunica a Teresa que pretende voltar para casa no dia seguinte e pede-lhe a arma de volta. Pega na arma sem lhe tocar directamente e sai de casa. Alice deixa a pensão a pensar que conseguiu finalmente vingar a morte da mãe. Deixa para trás Xana que continua muito triste por causa da situação de Edgar, sobretudo porque o advogado, entretanto, já disse que dificilmente ele se safará da prisão. Quando percebe que Emília não está em casa e levou o revólver, Teresa liga a Guilherme e pede para se encontrar com ele. Célia põe os miúdos a dar lustro ao chão enquanto gatinham e é apanhada por Margarida e António mas quando a diretora se prepara para a chamar à atenção, Célia escorrega e diz que não se consegue levantar. Cecília convida Raquel para ser head-designer da agência. A rapariga nem cabe em si de contente e não resiste a beijar e abraçar Cecília. Emília entra na ourivesaria às escuras e rega com gasolina o escritório. Depois rega com rancor as outras divisões e em particular a cadeira de Alice. Em seguida ateia fogo e fica a contemplar as chamas. Entretanto, Guilherme encontra-se com Teresa. Ela conta-lhe que a mãe dormiu em sua casa e saiu levando com ela o revólver que lhe tinha dado. Teresa teme pela vida dele e de Alice. Durante a conversa, Guilherme recebe um telefonema da companhia de segurança informando que a ourivesaria está a arder e sai apressado. Em casa, Alice dispensa Lurdes e recebe um telefonema de Guilherme a dizer que a ourivesaria está a arder. Edgar telefona a Xana. A rapariga fica muito emocionada com as palavras de Edgar e confessa a Glória que está disposta a esperar por ele. Xana reconhece que é melhor não contar nada a Rafa. Através da câmara do gabinete de Emília, Guilherme consegue perceber e ver as imagens da mãe a pôr fogo ao escritório. Já com o fogo extinto mas com tudo perdido, lembrando-se do que Teresa lhe disse, Guilherme decide deixar o pai na ourivesaria e ir ter com Alice a casa. Entretanto, Teresa chega a casa e percebe que Emília ainda não voltou. Assim que Lurdes sai de casa, Emília entra na sala apontando o revólver para Alice que fica em pânico. Nesse instante o telemóvel da rapariga toca. É Teresa. Emília quer que ela desligue mas, em vez disso, Alice atende. Teresa ouve Alice a pedir a Emília para que não a mate, percebe o que se esta a passar e chama o 112. Já com o revólver apontado à sua cabeça e na tentativa de demover Emília, Alice revela que está grávida. Emília hesita mas não acredita. Quando se prepara para disparar, Guilherme entra e tenta convencer a mãe a largar a arma. MAIS INFOOs Nossos Dias É mais do que uma história de vingança. Uma luta constante pela verdade e justiça. Um jogo onde ninguém pode confiar em ninguém. "Os Nossos Dias" é uma novela, que espelha a realidade contemporânea portuguesa. Uma história
emocionante e humana da busca pela verdade.
Alice tinha dois anos quando foi deixada à porta de um orfanato, "O Berço da Esperança". Nunca se descobriu a origem daquela menina nem qualquer indício do seu passado. A única pista sobre a família biológica de Alice é um fio com um medalhão, que ela trazia ao pescoço quando foi abandonada. No início da série, Alice está entre a espada e a parede: ou regulariza a situação com o senhorio até ao final do dia ou terá
de abandonar o apartamento. Desesperada, Alice percebe que não lhe resta outra solução que não seja empenhar o medalhão de ouro, a única ligação que tem à sua família biológica e, em particular, à mãe. Antes sequer que possa concretizar a ideia, Alice sofre um assalto por esticão e perde seu bem mais valioso: o fio e o medalhão? que acabam por ir parar às mãos erradas. É Emília Castilho quem o encontra, mais tarde, e que, ao abrir o medalhão e ver a fotografia que ele contém, dá de caras com a mulher e a criança que mandou assassinar há 23 anos. Emília chama Amadeu, o homem com quem sempre trabalhou, e exige-lhe uma explicação. Pressionado e angustiado, Amadeu acaba por confessar que não teve coragem de matar a criança. Emília, que parece não ter quaisquer constrangimentos morais, ordena-lhe que termine o serviço e volta a ameaçar Amadeu. Ou ele descobre o paradeiro daquela rapariga (Alice) e acaba com a vida dela ou ela manda matar o neto de Amadeu, o pequeno Rafael, de 7 anos. Amadeu sempre acolheu e cuidou de Alice e Xana, a melhor amiga de Alice, trata-as como se de duas filhas se tratassem. Depois de ter morto Júlia, Amadeu continuou a ter um contacto regular com Alice, por remorsos e compaixão. Ao mesmo tempo que Emília faz o ultimato a Amadeu, Alice muda-se para a pensão deste. Amadeu passa a ser um homem assombrado, hesitando sobre o que fazer. Quando descobre que tem uma doença terminal, Amadeu decide que lhe irá dizer a verdade: conta-lhe que Emília é a responsável pela morte de Júlia e que foi ele quem a matou. Sedenta de vingança, Alice procura e consegue a oportunidade de ir trabalhar para a grande cadeia de joalharias de Emília, tornando-se no braço direito da mulher de quem se quer vingar.
O que Alice não contava era apaixonar-se por Guilherme, o filho de Emília Castilho e noivo da sua antiga rival, Teresa Colaço.
Alice nunca perde o seu desejo de vingança a Emília e Guilherme é o seu calcanhar de Aquiles: tem medo de fraquejar por amor a ele. Nesta história, existem ainda outros núcleos, como as personagens que vivem na residencial de Amadeu, os criativos que trabalham na Agência de Publicidade, a Joalharia da família Castilho, passando pelo orfanato onde Alice cresceu e pelos núcleos cómicos como a Casa de Fados e a Empresa de Táxis, acabando nas famílias Colaço e Ribeiro que fazem parte do enredo da família Castilho. Uma novela cheia de emoções, que retrata a vida portuguesa como ela é. A história das personagens permite acompanhar a luta diária de pessoas comuns, num registo dramático ou cómico, tudo fazem para superar as adversidades da vida.

Play - Os Nossos Dias
Género: Telenovelas Class.: 10AP RTP1

É mais do que uma história de vingança. Uma luta constante pela verdade e justiça. Um jogo onde ninguém pode confiar em ninguém. "Os Nossos Dias" é uma novela, que espelha a realidade contemporânea portuguesa. Uma história
emocionante e humana da busca pela verdade.
Alice tinha dois anos quando foi deixada à porta de um orfanato, "O Berço da Esperança". Nunca se descobriu a origem daquela menina nem qualquer indício do seu passado. A única pista sobre a família biológica de Alice é um fio com um medalhão, que ela trazia ao pescoço quando foi abandonada. No início da série, Alice está entre a espada e a parede: ou regulariza a situação com o senhorio até ao final do dia ou terá
de abandonar o apartamento. Desesperada, Alice percebe que não lhe resta outra solução que não seja empenhar o medalhão de ouro, a única ligação que tem à sua família biológica e, em particular, à mãe. Antes sequer que possa concretizar a ideia, Alice sofre um assalto por esticão e perde seu bem mais valioso: o fio e o medalhão? que acabam por ir parar às mãos erradas. É Emília Castilho quem o encontra, mais tarde, e que, ao abrir o medalhão e ver a fotografia que ele contém, dá de caras com a mulher e a criança que mandou assassinar há 23 anos. Emília chama Amadeu, o homem com quem sempre trabalhou, e exige-lhe uma explicação. Pressionado e angustiado, Amadeu acaba por confessar que não teve coragem de matar a criança. Emília, que parece não ter quaisquer constrangimentos morais, ordena-lhe que termine o serviço e volta a ameaçar Amadeu. Ou ele descobre o paradeiro daquela rapariga (Alice) e acaba com a vida dela ou ela manda matar o neto de Amadeu, o pequeno Rafael, de 7 anos. Amadeu sempre acolheu e cuidou de Alice e Xana, a melhor amiga de Alice, trata-as como se de duas filhas se tratassem. Depois de ter morto Júlia, Amadeu continuou a ter um contacto regular com Alice, por remorsos e compaixão. Ao mesmo tempo que Emília faz o ultimato a Amadeu, Alice muda-se para a pensão deste. Amadeu passa a ser um homem assombrado, hesitando sobre o que fazer. Quando descobre que tem uma doença terminal, Amadeu decide que lhe irá dizer a verdade: conta-lhe que Emília é a responsável pela morte de Júlia e que foi ele quem a matou. Sedenta de vingança, Alice procura e consegue a oportunidade de ir trabalhar para a grande cadeia de joalharias de Emília, tornando-se no braço direito da mulher de quem se quer vingar.
O que Alice não contava era apaixonar-se por Guilherme, o filho de Emília Castilho e noivo da sua antiga rival, Teresa Colaço.
Alice nunca perde o seu desejo de vingança a Emília e Guilherme é o seu calcanhar de Aquiles: tem medo de fraquejar por amor a ele. Nesta história, existem ainda outros núcleos, como as personagens que vivem na residencial de Amadeu, os criativos que trabalham na Agência de Publicidade, a Joalharia da família Castilho, passando pelo orfanato onde Alice cresceu e pelos núcleos cómicos como a Casa de Fados e a Empresa de Táxis, acabando nas famílias Colaço e Ribeiro que fazem parte do enredo da família Castilho. Uma novela cheia de emoções, que retrata a vida portuguesa como ela é. A história das personagens permite acompanhar a luta diária de pessoas comuns, num registo dramático ou cómico, tudo fazem para superar as adversidades da vida.

duração total 40min
posição atual:
ir para o minuto:

Instale a aplicação RTP Play

Disponível para iOS, Android, Apple TV, Android TV e CarPlay