Reportagem Mário Soares: acompanhe aqui as homenagens ao minuto

Mário Soares morreu este sábado aos 92 anos. Estava internado há quase um mês no Hospital da Cruz Vermelha. O país presta agora homenagem ao histórico socialista, uma figura marcante e incontornável da história contemporânea portuguesa.

Fazer refresh a esta área
Clique aqui para atualizar

15h30 - Continue a acompanhar as cerimónias de homenagem a Mário Soares aqui

15h00 - Manuel Alegre recorda "homem de fibra, combatente e otimista"

Manuel Alegre definiu Mário Soares como um homem de fibra, que vivia a alegria da politica.



14h30 - Presidente do Brasil desloca-se a Lisboa para o funeral

O Presidente do Brasil Michel Temer estará presente no funeral do antigo chefe de Estado português, revelou hoje a ministra da Presidência.

"O mundo perde um estadista e um defensor da democracia e da liberdade. Meus sentimentos à família e ao povo português", escreveu Temer numa publicação no Twitter.


O Presidente brasileiro disse ter recebido com tristeza a notícia da morte de Mário Soares, que classificou como uma "figura-chave do Portugal moderno, amigo do Brasil".

14h10 - Fotogaleria: Mário Soares (1924-2017)

Veja aqui algumas das imagens daquele que dedicou a vida à política e ajudou a erguer os pilares da democracia portuguesa.


13h45 - “Ninguém contribuiu tanto para a construção do Portugal pós-25 de Abril”

O primeiro-ministro António Costa disse que "ninguém contribuiu tanto como Mário Soares para a construção do Portugal pós-25 de Abril" e que foi "seguramente quem melhor interpretou o papel de Presidente" da República.

O primeiro-ministro destacou o papel do antigo Presidente da República na conquista da liberdade, democracia e da integração europeia.

13h30 -
Passos Coelho foi à sede do PS escrever no livro de condolências

O presidente do PSD Pedro Passos Coelho deixou uma mensagem de condolências pela morte de Mário Soares mas não prestou declarações aos jornalistas.

Acompanhado pelo secretário-geral do PSD, José Matos Rosa, Passos Coelho assinou um dos livros de condolências que o PS disponibiliza para os interessados deixarem uma mensagem de pesar pelo falecimento do antigo chefe de Estado e fundador do Partido Socialista.

13h15 - Homenagem a um amigo leal

Vítor Ramalho, amigo pessoal de Mário Soares destacou as fundações com que criou o Partido Socialista e disse que presta homenagem na qualidade de um amigo leal.


13h00 - "Um homem de causas"

A ministra da Presidência destacou que o antigo Presidente da República foi um homem de causas, colocando a política como prioridade.

Maria Leitão Marques ressalvou que Mário Soares se dedicou à política com uma grande alegria.

12h40 - Comunidade Israelita destaca "defesa intransigente" da tolerância religiosa

A Comunidade Israelita de Lisboa destacou o trabalho do antigo Presidente da República e o seu empenho no processo de paz no Médio Oriente.

"Destacamos (...) o trabalho que realizou à frente da Comissão da Liberdade Religiosa, na defesa intransigente da igualdade e da tolerância religiosa", refere uma nota enviada à agência Lusa.

No documento, a Comunidade Israelita de Lisboa aponta a "condecoração de Oficial da Ordem da Liberdade" que Mário Soares "concedeu ao cônsul português Aristides de Sousa Mendes, a título póstumo, pelo seu papel na salvação das vidas de milhares de judeus perseguidos durante a II Guerra Mundial".

12H15 - Presidente do Conselho Europeu destaca papel essencial na adesão à UE

Donald Tusk manifestou-se hoje "profundamente sentido" com a morte de Mário Soares, destacando o seu "papel essencial" na consolidação da democracia portuguesa e "como impulsionador da adesão de Portugal" à União Europeia.

Numa mensagem de condolências enviada ao primeiro-ministro, António Costa, e que pede que seja estendida à família de Mário Soares e ao Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, o presidente do Conselho Europeu aponta que ficou "profundamente sentido ao tomar conhecimento do falecimento de Mário Soares", sendo este o momento de lamentar a sua perda e "refletir sobre a sua vida política".


12h00 - Fila de cidadãos e políticos na sede do PS para homenagear Mário Soares

A sede nacional do PS, em Lisboa, está a receber personalidades do partido e anónimos cidadãos que queiram prestar homenagem ao antigo Presidente da República.

Na fachada do edifício do PS, no Largo do Rato, pode ver-se uma montagem de imagens do fundador do partido e antigo chefe de Estado.

11h45 - "Temos uma enorme dívida de gratidão para com Mário Soares" - Maria de Belém

A antiga presidente do Partido Socialista lembrou o grande momento de dor pela perda de Mário Soares. E acrecentou que é também hora para prestar homenagem a uma das maiores figuras do Século XX português.


11h25 - Diplomata francês recorda viagem com Soares a Beirute cercada em 1982

Mário Soares é lembrado em França. O diplomata francês Jacques Huntzinger, amigo do antigo Presidente da República realça o humanismo e as características de mediador de Soares.

Huntzinger dá como exemplo a missão de urgência que ambos fizeram a Beirute em 1982 para visitar Yasser Arafat. Nessa altura a capital libanesa estava debaixo de fogo israelita.

11h15 - Jorge Lacão lamenta morte de Mário Soares

O deputado do Partido Socialista disse à RTP que é hora de deixar homenagens ao legado que Mário Soares deixou a Portugal. "Todos sabemos que esse legado foi decisivo para a história moderna do nosso país".


11h00 - Líder do SPD recorda "um amigo especial da Alemanha"

O líder do Partido Social-Democrata alemão apresentou condolências à família do "democrata convicto e europeísta empenhado" Mário Soares, destacando a amizade especial entre o antigo Presidente da República e a Alemanha.


"Mário Soares foi sempre um amigo especial da Alemanha e do meu partido, o SPD. A sua amizade extraordinária com Willy Brandt, bem como a criação do Partido Socialista Português em 1973 na Academia da Fundação Friedrich Ebert em Bad Münstereifel, concederam um estatuto especial à amizade e parceria entre o SPD e o PS, que persiste até hoje", disse Sigmar Gabriel em comunicado divulgado pelo SPD.

10h50 - Ministro dos Negócios Estrangeiros regressa hoje da Índia a Portugal

Augusto Santos Silva interrompe esta noite a visita de Estado à Índia e regressa a Portugal para estar presente nas cerimónias fúnebres de Mário Soares.

10h40 - Mário Soares homenageado na Índia

A Convenção da Diáspora indiana, onde está o primeiro-ministro português, António Costa, abriu este domingo, em Bangalore, com um minuto de silêncio em memória de Mário Soares.

Homenagem feita por milhares de delegados vindos de várias comunidades indianas no mundo, por proposta do primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi.

António Costa discursa hoje na convenção e amanhã vai receber o presidente indiano.

10h20 - Morte de Soares ocupa lugar destacado na imprensa internacional

Um denominador comum de grande parte da imprensa falada e escrita que refere a morte do antigo presidente português é o de atribuir-lhe a designação de "pai da democracia". Em alguns casos lembra-se, em todo o caso, que se tratou de uma figura controversa.

Na imprensa internacional destaca-se a chamada de capa em El Pais, que refere a despedida do "construtor do Portugal moderno e europeu". Em artigo no site, Soares é designado como "lutador contra a ditadura de Salazar e contra a deriva comunista da revolução".

O jornal El Mundo fala em Soares como "pai da democracia portuguesa" e "um duro combatente". O jornal La Vanguardia fala dele como "arquitecto da democracia portuguesa".

10h10 - Programa das cerimónias fúnebres de Mário Soares

Na segunda-feira, dia 9 de janeiro
, o cortejo fúnebre passará pela residência de Mário Soares, pelas 11h00, chegando à Câmara Municipal de Lisboa, pelas 11h30, de onde o cortejo seguirá em armão com escolta a cavalo da Guarda Nacional Republicana até ao Mosteiro dos Jerónimos, chegando aí pelas 13 horas.

Ainda na segunda-feira, a Câmara Ardente será instalada na Sala dos Azulejos do Claustro do Mosteiro dos Jerónimos, estando aberta a todos os cidadãos até às 24 horas.

Na terça-feira, dia 10 de janeiro, a Câmara Ardente estará aberta entre as 8 e as 11 horas da manhã. A Sessão Solene Evocativa de Homenagem ao Presidente Mário Soares realizar-se-á a partir das 13 horas, no claustro do Mosteiro dos Jerónimos, no final da qual seguirá o cortejo fúnebre para o Cemitério dos Prazeres.

Ao longo do cortejo, realizar-se-ão breves paragens em frente ao Palácio Nacional de Belém, à Assembleia da República, Fundação Mário Soares, e à sede do Partido Socialista.

O funeral, precedido de honras fúnebres, terá lugar a partir das 15h30 horas no Cemitério dos Prazeres.

09h55- Iniciamos aqui a cobertura das homenagens à morte de Mário Soares.

O Partido Socialista disponibiliza este domingo até às 17 horas um Livro de Condolências na sede do partido, em Lisboa.


A informação mais vista