Posi�ao Corrente: minutos e segundos
Ir para o Minuto:
Play - Ministério do Tempo

Ministério do Tempo (I)

Tempo de Magia (1924 e 2016) | 03 Abr, 2017 | Episódio 14

Amélia, no seu desespero para reencontrar Tiago, recorre a sessões de espiritismo. Mas tudo o que consegue saber, é que um misterioso mágico se vai cruzar na sua vida.
Salvador convoca a patrulha para mais uma missão. Há fortes suspeitas que um agente do Ministério, a trabalhar no ano de 1924, está prestes a oferecer os seus serviços ao FBI. Esse agente, Joaquim de Sena, é conhecido por uma particularidade difícil de acreditar: possui visão de raio x.
Amélia e Afonso têm que investigar o caso e, se as suspeitas forem verdadeiras, impedir a traição. Pacino é impedido de ir na missão, pois o agente Joaquim conhece-o, já que lhe deu treino aquando da sua entrada para o Ministério do Tempo. Mais uma vez, Amélia e Afonso recebem o reforço de Camões.
Amélia, Camões e Afonso partem para Lisboa, no ano de 1924. Vão assistir a uma sessão de espiritismo organizada pelo pai de Joaquim, Adolfo. Ao chegarem ao local da sessão, deparam-se com uma charlatã. Camões, usando todo o seu lado teatral, põe a descoberto toda a verdade sobre a falsa vidente e assim ganhar a confiança de Joaquim e Adolfo. Em conversa, Joaquim revela que está de partida para Nova Iorque. Vai encontrar-se com o grande Houdini. Amélia, arguta, diz que eles também estão de partida para a grande metrópole.
A patrulha regressa ao Ministério do Tempo, e a 2016, para preparar a viagem aos Estados Unidos. Quando estão a regressar às portas do Tempo, Amélia sofre um pequeno acidente que a impede de ir na missão. Afonso e Camões não têm outro remédio se não ir sozinhos.
Ao chegarem a Nova Iorque, Camões instala-se no mesmo hotel de Joaquim. O objetivo é vigiá-lo de perto. Afonso fica encarregue da segurança e da logística.
Afonso e Camões estão tão concentrados em Joaquim que não reparam que Mafalda Torres está em Nova Iorque. Acompanhada pelos membros mais perigosos da Companhia: Ferguson e Bennet. O objetivo da Companhia é simples. Impedir, a todo o custo, que o FBI saiba da possibilidade de viajar no tempo.
Joaquim encontra-se em segredo com J. Edgar Houver, num bar clandestino. Ou pelo menos assim o pensa pois, quando menos espera, Camões surpreende-o. Joaquim, confiando em Camões e nos poderes mágicos que este alega ter, conta o seu plano. Quer revelar ao FBI a existência das portas do tempo.
Camões e Afonso sabem que têm que impedir Joaquim de trair o Ministério do Tempo. Planeiam raptá-lo. Mas a Companhia tem outros planos. Sem o saberem, Afonso e Camões têm a sua vida nas mãos daquela que pensam ser a sua maior inimiga: Mafalda Torres.
Ministério do Tempo é a mais surpreendente série realizada no nosso país. Com recurso aos mais avançados meios de produção, irá atrair o espectador à medida que percorre, de forma impressionante, os quase nove séculos da História de Portugal. As figuras que mais a marcaram cruzam-se em encontros insólitos e originais, viajando entre várias épocas, criando enredos inesperados e vivendo situações fantásticas.
O tempo a juntar passado e presente numa profusão de acontecimentos prodigiosos. Ministério do Tempo é uma emocionante série repleta de aventuras, com todos os ingredientes para se tornar na série mais inesperada do ano e que vai prender ao ecrã miúdos e graúdos, dos 8 aos 80!