Uma toma da vacina da Pfizer reduz infeções e diminui risco de transmissão

por Alexandre Brito - RTP
Vacina da Pfizer Reuters

Uma única dose da vacina da Pfizer e BioNtech reduz significativamente o número de infeções e diminui substancialmente o risco de transmissão do vírus, revela um estudo realizado no Reino Unido.

Os cientistas avaliaram milhares de testes à Covid-19 realizados todas as semanas em hospitais.

Os resultados revelaram um redução dramática no número de testes positivos entre trabalhadores de saúde após uma única dose da vacina da Pfizer, disse à Reuters Nick Jones, especialista em doenças infecciosas do Hospital da Universidade de Cambridge.

Apesar de os resultados deste estudo terem ainda que ser validados por uma comissão independente de especialistas, o que se descobriu aponta no sentido de que a proteção contra a Covid-19 aumenta de forma considerável com apenas uma dose da vacina.

Um redução de quatro vezes no risco de infeção por Covid-19 entre profissionais de saúde que foram vacinados e proteção de 75 por cento, o que é considerada bastante elevada, disse Mike Weekes, especialista em doenças infecciosas do departamento de medicina da Universidade de Cambridge, que co-liderou o estudo.

"Esta é uma ótima notícia - a vacina da Pfizer não só fornece proteção contra a doença por SARS-CoV-2, mas também ajuda a prevenir a infecção, reduzindo o potencial do vírus ser transmitido a outras pessoas", acrescentou Weeks. “Mas temos que lembrar que a vacina não protege completamente todos”.

Um outro estudo, neste caso em Israel, indica que duas doses da vacina da Pfizer corta os casos de Covid-19 em 94% em todos os grupos de idade.

Foi também eficaz contra doenças graves relacionadas com o vírus.
Tópicos
pub