Fronteiras XXI (II)

Jovens de Costas Voltadas Para a Política? | 17 Out, 2018 | Episódio 8

Partilhar este episódio
Posição Corrente: minutos e segundos
Ir para o Minuto:
Play - Fronteiras XXI

Fronteiras XXI (II)

Jovens de Costas Voltadas Para a Política? | 17 Out, 2018 | Episódio 8

Combater o desemprego, proteger o ambiente, defender os direitos das mulheres. São mais as grandes causas do que os partidos que hoje levam jovens a envolverem-se na sociedade portuguesa? Parece que sim. Os estudos mostram que a maioria dos adolescentes e jovens não têm interesse na política, apesar de os índices de satisfação com a democracia estarem a melhorar em Portugal.
Não se reveem nos partidos, não leem notícias nos jornais nem vão à internet aprofundar estes temas. E, apontam alguns dados, até votam menos do que há uns anos. São também pouco participativos socialmente.
Apenas cinco em cada 100 portugueses entre os 15 e os 24 anos estavam ligados a uma associação juvenil, em 2015, e apenas 2% pertenciam a uma associação de apoio humanitário. Números que crescem à medida que a idade avança, mas continuam a ser pouco expressivos.
É através da internet que mais revelam os seus comportamentos cívicos. Como é que chegamos aqui e de que forma os mais ativos estão a fazer-se ouvir? Como é possível alterar este cenário? E quem são os jovens que estão a fazer diferença na sociedade?
Dia 17 de outubro, nesta edição do Fronteiras XXI, agora moderado pela jornalista Ana Lourenço, juntamos o professor de Ciência Política Carlos Jalali, o Presidente do Conselho Nacional da Juventude Hugo Carvalho e outros convidados. Teremos ainda o contributo especial da mais jovem autarca nacional, Isabel Guedes, que aos 21 anos se tornou presidente da Junta de Eja (Penafiel). Programa mensal, com emissão prevista nas primeiras 4ªs feiras de cada mês, produzido no Teatro Thalia em Lisboa, e em cooperação com a Fundação Francisco Manuel dos Santos.