Gábor Király não se importa com alcunha de `Pijama Man`

| Euro 2016

Király é um símbolo do futebol pelas calças largas que usa quando defende a baliza da Hungria
|

O guarda-redes da Hungria, adversária de Portugal no Euro2016 de futebol, explicou este sábado que usa calças largas por uma questão de conforto assumindo-se como “um guarda-redes e não um ‘top model’”.

Gábor Király, que aos 40 anos é jogador mais velho em fases finais de Europeus, tem há muito o hábito de usar calças, que lhe vale o “título” de “Pijama Man”.

“É essencialmente uma questão de conforto. Joguei em campos pelados, às vezes no inverno a relva está fria e molhada, isso magoa as pernas quando temos de nos fazer à bola”, afirmou o guardião húngaro, que soma 103 internacionalizações.

Király admitiu que até tentou usar calções, mas a experiência não correu bem, levando-o a optar por calças um número acima do seu tamanho.

“Uso calças largas para facilitar os movimentos. Tentei usar calções quando joguei na Alemanha e na Inglaterra, mas não me agradou. O resultado final é mais importante do que a aparência”, explicou, em declarações ao sítio da UEFA.

O “Pijama Man” é descrito pelo seu companheiro de equipa Mihály Korhut como “trabalhador exemplar”, que treina “como nem os mais jovens treinam”.

Também o selecionador Bernd Storck considera Király como “um jogador essencial” para a equipa, que vai defrontar Portugal a 22 de junho, em Lyon, na última jornada do Grupo F da primeira fase do Euro2016.

“Sempre lhe disse que a idade para mim não é importante. Não me importo com o facto de um jogador ser novo ou velho, tem é que ser bom, e o Gábor é bom”, afirmou selecionador, acrescentando que o guarda-redes “é uma figura carismática, que irradia confiança”.

A Hungria defronta Portugal a 22 de junho, em Lyon, na terceira e última jornada do Grupo F. Antes a seleção magiar joga frente à Áustria, na terça-feira, e à Islândia, no próximo sábado.

A informação mais vista

+ Em Foco

Francisco Veloso, reitor da Imperial College Business School, traça cenários após a rejeição do acordo.

O satélite natural da Terra mostrou-se grande e vermelho. A primeira Super Lua de 2019 foi vista em todo o mundo.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.