Uruguaio Gonzalo García é o novo treinador do Arouca

por Lusa
Foto: José Coelho - Lusa

O treinador uruguaio Gonzalo García é o sucessor de Daniel Sousa no comando técnico do Arouca, firmando contrato válido para a próxima temporada, com mais outra de opção, anunciou o sétimo classificado da I Liga de futebol.

O treinador, de 40 anos, chega pela primeira vez ao futebol português, após uma passagem de duas épocas (2021/2022 e 2022/2023) pelos croatas do NK Istra, na última das quais conseguiu estabelecer a melhor classificação do clube no campeonato, o quinto lugar.

Gonzalo García mostrou-se satisfeito pela oportunidade de orientar os `lobos` e elogiou o trabalho que tem vindo a ser desenvolvido pelo clube.

"Estou muito contente em ter esta oportunidade num clube que tem trabalhado muito bem nos últimos anos e desejo ser mais um a ajudar neste crescimento", expressou, em declarações partilhadas pelos arouquenses. 

A oportunidade de poder estrear-se no futebol português, concretamente num campeonato que considera "muito forte e agradável", foi outro dos fatores que pesou na hora em que o técnico aceitou a proposta.

"O campeonato é muito forte e agradável e isso foi um fator motivador também. Agradeço, desde já, esta oportunidade e mal vejo a hora de conhecer toda a gente e começar a trabalhar", acrescentou.

Quanto ao seu currículo, antes da recente passagem pela Croácia, Gonzalo García começou enquanto adjunto pelo Esbjerg, da Dinamarca, passando depois pelo Twente, dos Países Baixos, que depois permitiu a Gonzalo García estrear-se como treinador principal em 2019/2020.

Uruguaio, natural de Montevideu, irá orientar três atletas compatriotas, o guardião Ignacio de Arruabarrena, o extremo Alfonso Trezza e o defesa-central Matías Rocha, refletindo a aposta que o Arouca tem ultimamente em jogadores sul-americanos.

O técnico terá a missão de substituir Daniel Sousa, que levou a equipa ao sétimo lugar na última edição da I Liga e agora ruma ao Sporting de Braga.

Tópicos
pub