Médio australiano Max Burgess rescinde com o União da Madeira

| 2.ª Liga

O União da Madeira, equipa da II Liga portuguesa de futebol, anunciou hoje a rescisão do contrato que ligava o clube ao médio australiano Max Burgess

Em comunicado, o clube madeirense informa que "chegou a acordo com o atleta Max Burgess para pôr termo ao vínculo contratual com efeitos imediatos". Ainda segundo mesmo comunicado, "na base desta decisão estiveram motivos de inadaptação invocados pelo jogador ao clube".

O médio ofensivo, de 22 anos, tinha assinado um contrato válido por três temporadas com o clube madeirense no início da época.

Max Burgess foi formado no Sydney FC, clube que representou entre 2005 e a época 2016/2017. Pelo meio, teve empréstimos ao Rockdale City Suns FC, em 2013, equipa que participa na NSW Premier League, uma liga semi-profissional, que corresponde à II divisão australiana, e depois aos Newcastle Jets, em 2015, equipa que atua na A-League, o principal escalão do futebol australiano.

Esta era a sua primeira experiência no futebol europeu, tendo apenas participado em duas partidas oficiais pelo União da Madeira, uma para o campeonato e outra para a Taça da Liga.

O União da Madeira ocupa o 16.º lugar com 13 pontos e defronta no próximo sábado, num dérbi madeirense, o Nacional, em partida relativa à 14.ª jornada, que terá lugar no Estádio da Madeira, pelas 16:00.

A informação mais vista

+ Em Foco

Francisco Veloso, reitor da Imperial College Business School, traça cenários após a rejeição do acordo.

O satélite natural da Terra mostrou-se grande e vermelho. A primeira Super Lua de 2019 foi vista em todo o mundo.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.