Francesa Blandine L`Hirondelle sagra-se campeã do mundo de `trail`, Mary Vieira 33.ª

| Atletismo

A francesa Blandine L`Hirondelle sagrou-se hoje campeã do mundo de `trail running`, ao vencer o Mundial disputado em Miranda do Corvo em 4:06.17 horas, menos 40.12 minutos do que a portuguesa Mary Vieira, que foi 33.ª.

L`Hirondelle dominou toda a corrida e foi a mais rápida nos Trilhos dos Abutres, superando a neozelandesa Ruth Croft e a espanhola Sheila Aviles, segunda e terceira classificadas, que terminaram a corrida 8.11 e 8.47 minutos depois, respetivamente.

"Foi inesperado, eu comecei a preparar esta corrida há dois meses, antes da prova de qualificação. E isto foi muito novo para mim, porque costumo fazer distâncias muito mais longas [endurance] e não de apenas 44 quilómetros. Mas pensei que era uma oportunidade única e acabou nesta loucura", afirmou a francesa.

A nova campeã do mundo disse ter apreciado o percurso, "com boas subidas e zonas técnicas que permitiam correr", numa prova em que não pensou nas adversárias: "Nunca pensei que tinha de acelerar ou dar mais, senti-me bem a correr e adorei este apoio, que, depois do primeiro abastecimento, parecia superar Zegama [corrida basca conhecida pelo apoio popular] e isso foi muito importante para mim".

Mary Vieira foi a primeira portuguesa a cruzar a meta, em 4:46.29 horas, na 33.ª posição, resgatando o estatuto de melhor atleta nacional a Inês Marques, que foi a 42.ª colocada, após 4:52.06 horas.

"A prova correu-me bem, tivemos a possibilidade de treinar aqui e o apoio do público foi espetacular. Já no ano passado tinha sido a segunda portuguesa e eu achava impossível `ganhar` à Inês, sinceramente, mas consegui ser a melhor e estou superfeliz. Vim sempre no limite, acabei bem, mas foi uma prova sem muito sofrimento",

Tópicos:

Corvo, Inês, Trilhos,

Pesquise por: Corvo, Inês, Trilhos,

A informação mais vista

+ Em Foco

Meio século depois, o Parlamento soviético dos finais da Guerra Fria repudiou o Pacto. Decorridos mais 30 anos, Putin quer reabilitá-lo.

    A receita da venda desta madeira ultrapassará os 15 milhões de euros, que devem ser investidos na nova Mata do Rei.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.