Mundiais de atletismo: Usain Bolt lesiona-se na derradeira corrida

| Atletismo

Legenda da Imagem
|

A carreira de Usain Bolt terminou com uma lesão que não lhe permitiu concluir a final dos 4x100 metros dos Mundiais de atletismo de Londres.

Bolt recebeu o testemunho para o último percurso na terceira posição, atrás de norte-americanos e britânicos. No entanto, uma lesão muscular obrigou o atleta a parar na pista, depois de ter forçado a corrida durante alguns metros.


O recordista mundial de 100 e 200 metros fecha assim a sua carreira com 14 medalhas em campeonatos do Mundo, um recorde para o setor masculino. Só na estafeta, esperava arrecadar em Londres o quarto título consecutivo.

Contra todas as expetativas, a Grã-Bretanha ficou com a medalha de ouro. Os Estados Unidos, que não são campeões há dez anos, ficaram em segundo e o Japão em terceiro. A Jamaica de Bolt não conseguiu concluir a prova.

c/ Lusa

Tópicos:

Atletismo, Usain Bolt,

Pesquise por: Atletismo, Usain Bolt,

A informação mais vista

+ Em Foco

A revelação foi feita durante uma entrevista exclusiva à RTP à margem da cimeira de CPLP, que decorreu esta semana em Cabo Verde.

Em entrevista à RTP, Graça Machel revela que o grande segredo de Nelson Mandela era fazer sentir a cada pessoa com quem falava que era a mais importante.

O economista guineense Carlos Lopes, em entrevista à RTP, considera que a Europa tem discutido as migrações e outras questões africanas, sem consultar os africanos.

    Apesar da legislação contra estas situações, os Estados Unidos são dos países que mais importam produtos em risco de serem produzidos através de trabalhos forçados.