Mundiais de atletismo: Usain Bolt lesiona-se na derradeira corrida

| Atletismo

Legenda da Imagem
|

A carreira de Usain Bolt terminou com uma lesão que não lhe permitiu concluir a final dos 4x100 metros dos Mundiais de atletismo de Londres.

Bolt recebeu o testemunho para o último percurso na terceira posição, atrás de norte-americanos e britânicos. No entanto, uma lesão muscular obrigou o atleta a parar na pista, depois de ter forçado a corrida durante alguns metros.


O recordista mundial de 100 e 200 metros fecha assim a sua carreira com 14 medalhas em campeonatos do Mundo, um recorde para o setor masculino. Só na estafeta, esperava arrecadar em Londres o quarto título consecutivo.

Contra todas as expetativas, a Grã-Bretanha ficou com a medalha de ouro. Os Estados Unidos, que não são campeões há dez anos, ficaram em segundo e o Japão em terceiro. A Jamaica de Bolt não conseguiu concluir a prova.

c/ Lusa

Tópicos:

Atletismo, Usain Bolt,

Pesquise por: Atletismo, Usain Bolt,

A informação mais vista

+ Em Foco

Os portugueses escolhem os seus representantes locais a 1 de outubro. Acompanhe aqui a campanha, os debates e toda a informação sobre as eleições Autárquicas.

    A deriva independentista do nacionalismo catalão está a revelar-se mais grave do que Madrid previa inicialmente. Temos posições que não permitem qualquer margem para diálogo e que conduziram o processo a um impasse.

    Um ensaio do LNEC e do Instituto Superior Técnico, no âmbito do KnowRisk, evidencia a importância da tomada de medidas preventivas. Veja os vídeos e compare os dois casos.

    A Alemanha aproxima-se da data do escrutínio de 24 de Setembro com uma economia próspera: muita exportação, muita construção, receitas fiscais abundantes, orçamentos públicos excedentários. O reverso da medalha é a degradação de condições sociais para uma parte significativa da população.