Porto a um ponto da concorrência

| FC Porto

Farías abre a contagem, com um golo de grande qualidade técnica
|

O tricampeão nacional logrou aproximar-se do topo, aproveitando os empates do Braga e do Benfica 

O Porto bateu, por 2-0, o Vitória de Setúbal, no Dragão e está a um ponto de Braga e Benfica, que é o próximo adversário, na 14.ª jornada da I Liga.

Os portistas foram o único grande a ganhar nesta ronda, mercê dos golos de Farías, aos 21 minutos, e de Varela, aos 26.

O FC Porto surgiu frente aos sadinos com cinco alterações no "onze" inicial em relação ao jogo de Madrid, com Sapunaru, Rolando, Belluschi, Varela e Farias nos lugares de Álvaro Pereira, Maicon, Valeri, Rodriguez e Falcao. 
 
Álvaro Pereira, que corria o risco de falhar o próximo jogo com o Benfica se visse um cartão amarelo, nem sequer foi convocado pelo treinador Jesualdo Ferreira, tal como Maicon, por lesão, e Valeri, com gripe. 
 
A gestão do plantel levada a efeito por Jesualdo Ferreira, perante a
proximidade do jogo com o Benfica, deixou ainda no "banco" Falcao
e Rodriguez. 
 

Equipas: 
 
- FC Porto: Helton, Sapunaru, Rolando, Bruno Alves, Fucile Rodriguez, 68), Fernando, Belluschi, Raul Meireles (Guarin, 75), Varela, Hulk (Mariano, 80) e Farias. 
 
(Suplentes: Beto, Guarin, Falcao, Rodriguez, Mariano, Nuno André Coelho e Miguel Lopes). 
 
- Vitória de Setúbal: Mário Felgueiras, Collin, Zoro (Ivo Pinto, 85),
Zarabi, Ruben Lima, Sandro, Djikiné, Luis Carlos (Rui Fonte, 55), Álvaro Fernandez, Alan (Regula, 48) e Keita. 
 
(Suplentes: Nuno Santos, Paulo Regula, Lourenço, Bruno Monteiro, Rui Fonte, Ivo Pinto e Bruno Lourenço). 
 
Árbitro: Pedro Henriques (Lisboa). 
 
Acção disciplinar: cartão amarelo para Ruben Lima (26) e Zoro (36).
 
Assistência: cerca de 31 000 espectadores. 
 

A informação mais vista

+ Em Foco

Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      A menos de 100 quilómetros da fronteira com a Síria, a cidade turca de Gaziantep é uma terra de tradições e sabores.

      Fotografias da autoria do artista berlinense Martin Dammann lançam luz sobre o lado mais obscuro da Wehrmacht.