Cristiano Ronaldo marcou os primeiros dois golos pela Juventus

| Futebol Internacional

|

Cristiano Ronaldo marcou este domingo os primeiros golos pela Juventus, frente ao Sassuolo, depois de três jornadas sem marcar, desde que assinou pelo clube que lidera o campeonato em Itália.

O internacional português, que se transferiu na pré-época do Real Madrid para a Juventus por 112 milhões de euros, não tinha ainda marcado qualquer golo em jogo oficial da equipa italiana.

Cristiano marca pela Juventus 320 minutos após a estreia no clube italiano. Os golos foram marcados aos minutos 50' e 65'.

A ausência de golos do jogador português voltou a ser tema antes do jogo, mas o treinador da Juventus justificou que, apesar de não ter marcado, Cristiano esteve sempre muito ativo e "rematou muito à baliza" e ainda fará muitos golos em Itália.

Para Massimiliano Allegri, o português merece receber o prémio 'The Best', de melhor jogador do mundo, para o qual está uma vez mais nomeado, numa eleição em que concorre com o croata Luka Modric e o egípcio Mohamed Salah. "Eu daria ao Cristiano, por tudo o que fez na última época", justificou o treinador, mencionando os 15 golos do português que contribuíram na caminhada do Real Madrid para a sua terceira Liga dos Campeões consecutiva.

A Juventus ganha assim frente ao Sassuolo por 2-1, com golos do internacional português CR7.

A informação mais vista

+ Em Foco

Cada um de nós tem uma história para contar e para partilhar. Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer a história de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.

    O ex-ministro da Defesa israelita Avigdor Lieberman acumulou diatribes ao longo da carreira política e nunca foge a uma polémica.

      Reunimos aqui reportagens sobre as forças de elite portuguesas, emitidas por ocasião dos 100 anos do Armistício que pôs fim à I Guerra Mundial.

        Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em novos conteúdos de serviço público que podem ser seguidos na página RTP Europa.