Cristiano Ronaldo marcou os primeiros dois golos pela Juventus

| Futebol Internacional

|

Cristiano Ronaldo marcou este domingo os primeiros golos pela Juventus, frente ao Sassuolo, depois de três jornadas sem marcar, desde que assinou pelo clube que lidera o campeonato em Itália.

O internacional português, que se transferiu na pré-época do Real Madrid para a Juventus por 112 milhões de euros, não tinha ainda marcado qualquer golo em jogo oficial da equipa italiana.

Cristiano marca pela Juventus 320 minutos após a estreia no clube italiano. Os golos foram marcados aos minutos 50' e 65'.

A ausência de golos do jogador português voltou a ser tema antes do jogo, mas o treinador da Juventus justificou que, apesar de não ter marcado, Cristiano esteve sempre muito ativo e "rematou muito à baliza" e ainda fará muitos golos em Itália.

Para Massimiliano Allegri, o português merece receber o prémio 'The Best', de melhor jogador do mundo, para o qual está uma vez mais nomeado, numa eleição em que concorre com o croata Luka Modric e o egípcio Mohamed Salah. "Eu daria ao Cristiano, por tudo o que fez na última época", justificou o treinador, mencionando os 15 golos do português que contribuíram na caminhada do Real Madrid para a sua terceira Liga dos Campeões consecutiva.

A Juventus ganha assim frente ao Sassuolo por 2-1, com golos do internacional português CR7.

A informação mais vista

+ Em Foco

O Conselho Europeu informal de Salzburgo tem em cima da mesa dossiers sensíveis, com a imigração e o Brexit no topo da agenda. A RTP preparou um conjunto de reportagens especiais sobre esta cimeira.

    Nas eleições primárias, alguns dos mais conceituados senadores democratas foram vencidos por candidatos mais jovens, progressistas e, alguns deles, socialistas.

      Em 1995, dois estudantes desenvolveram um motor de pesquisa. Dois anos depois, Andy Bechtolsheim passou um cheque no valor de 100 mil dólares. Nesse dia, fez-se história: a Google nasceu.

        Os novos desenvolvimentos no diferendo comercial entre os Estados Unidos e a China vieram lançar ainda mais dúvidas sobre os próximos passos que os dois lados poderão adotar.