"Mágico" Iniesta prepara o adeus ao Barcelona

| Futebol Internacional

A bola é quase sempre dele
|

Muito se tem falado do futuro de Iniesta depois de 16 épocas a alinhar em Camp Nou. Agora, o futuro deverá passar pela mudança de continente.

O jogador espanhol já fez saber que não mudará de opinião e que já tem a certeza dos passos que deverá seguir, logo após o mundial da Rússia. Iniesta não revela publicamente, mas a imprensa desportiva espanhola dá como provável a saída rumo à China num contrato que rondará os 30 milhões de euros.


Perto de completar os 34 anos, Andrés Iniesta continua a brilhar e a fazer magia no relvado, com o seu potencial técnico de encantar os adeptos, não só os do Barça como os de todo o mundo, tal como são os seus passes surpreendentes mas sempre certeiros. 

A Marca adianta que tudo ficará esclarecido já no próximo fim-de-semana, logo após a final da Taça de Espanha. Caso se confirme, pelo menos há a boa notícia de que Iniesta ainda não sai dos relvados, apenas deixa o FC Barcelona. O Mundial da Rússia deverá ser igualmente a derradeira participação na "La Roja".  

O médio espanhol marcou o futebol europeu da atualidade, integrou a equipa seleção maravilha que conquistou o campeonato do Mundo de 2010, na África do Sul, naquele que foi o primeiro título mundial da Espanha. 

Iniesta conta ainda com as conquistas do Euro 2008 e Euro 2012 , tendo nesta última edição sido considerado o jogador da prova.

Juntando vários outros títulos e troféus internacionais e espanhóis, Iniesta é visto - sem qualquer tipo de contestação - como um dos maiores jogadores da história do futebol mundial. 

A informação mais vista

+ Em Foco

O antigo procurador-geral da República do Brasil revelou à RTP que já recebeu várias ameaças de morte e defendeu uma reforma profunda do sistema político brasileiro.

Quando Ana Paula Vitorino indicou Lídia Sequeira, a economista ainda era gerente da sua empresa, o que viola a lei em matéria de incompatibilidades e o dever de imparcialidade.

Em seis anos, as investigações sucederam-se, sem poupar ninguém, da política ao futebol e à banca, seguindo a bandeira da ainda procuradora geral, o combate à corrupção.

    O Conselho Europeu informal de Salzburgo tem em cima da mesa dossiers sensíveis, com a imigração e o Brexit no topo da agenda. A RTP preparou um conjunto de reportagens especiais sobre esta cimeira.