Mindelense vence segundo jogo no campeonato em Cabo Verde

| Futebol Internacional

O Mindelense, tetracampeão de Cabo Verde, venceu hoje a Académica do Porto Novo por 2-1, em jogo da segunda jornada do campeonato cabo-verdiano e lidera o grupo B com seis pontos.

Em jogo disputado no Estádio Adérito Sena, em São Vicente, a Académica do Porto Novo, campeã regional de Santo Antão Sul, marcou logo aos seis minutos, por Xalote, mas o Mindelesene deu a volta, com golos de Latct, ainda na primeira parte, e Papalelé, na segunda.

No outro jogo do grupo, o Paulense de Santo Antão Norte foi à ilha do Sal empatar a uma bola com o Académico local.

Com estes resultados, o Mindelense lidera o grupo com seis pontos, contra dois do Académico do Sal, enquanto o Paulense e a Académica do Porto Novo têm um ponto cada.

No grupo A, o Onze Unidos do Maio foi à ilha do Fogo vencer os Vulcânicos por 1-0, naquela que foi a sua segunda vitória em outros tantos jogos dos campeões do Maio, somando seis pontos.

No outro jogo, a Ultramarina de São Nicolau somou os primeiros pontos, ao receber e vencer o AJAC da Calheta de São Miguel por 2-0.

No grupo C, o Sporting da Praia recebeu e venceu o Sal Rei da Boavista por 3-0 e lidera com seis pontos em dois jogos.

O Sporting da Brava recebe o Derby de São Vicente no domingo para completar a segunda jornada do campeonato em Cabo Verde.

A informação mais vista

+ Em Foco

No centro do país, pelo menos 30 mil hectares arderam nos últimos dias. As imagens da NASA permitem ver a evolução dos fogos que afetaram a região.

    Hotéis de luxo e restaurantes de autor crescem ao lado de quem vive sem água ou luz. A Comporta tem um novo proprietário que quer transformar aquela zona num local para estrangeiros ricos.

    O Parque das Nações vai receber as duas semifinais e a final nos dias 8, 10 e 12 de maio do próximo ano. Já o festival português vai decorrer em Guimarães.

    Natalidade, envelhecimento, turismo, agricultura, emigração, pobreza, saúde, desigualdades. A caminho das autárquicas a Antena 1 fixa o país em 20 retratos.