Em direto
Eleições Europeias. Debate entre nove candidatos por partidos sem representação parlamentar

Real Madrid recupera de duas desvantagens com FC Barcelona e já vê o título

por Lusa
EPA

O Real Madrid recuperou de duas desvantagens para vencer o FC Barcelona (3-2), praticamente garantindo o título de campeão espanhol de futebol, pois ficou com 11 pontos de avanço para o rival quando há apenas 18 em disputa.

Num jogo extremamente emotivo, os catalães, com João Cancelo de início e João Félix a partir dos 64, estiveram por duas vezes na frente, contudo os ‘merengues’ foram respondendo e, já no período de descontos, o inglês Bellingham (90+1) voltou aos golos, para sentenciar a partida que deve ter resolvido o título.

O Real Madrid ficou com 81 pontos contra os 70 do FC Barcelona, somente mais dois do que o surpreendente Girona, que fecha o pódio, com 68.

Começou melhor o FC Barcelona que, num pontapé de canto, se adiantou no marcador, com o guarda-redes ucraniano Andriy Lunin a falhar a intersecção na pequena área e o defesa dinamarquês Andreas Christensen a cabecear nas suas costas.

Empatou o brasileiro Vinícius Júnior, aos 18, de penálti que o experiente Lucas Vásquez ‘arrancou’ sobre o jovem Pau Cubarsi, de apenas 17 anos - mais tarde, Lamine Yamal, de 16 anos, não teve a mesma ‘arte’ em lance com Camavinga, na área madridista.

Sem tecnologia de linha de baliza, o VAR atuou novamente aos 29 minutos, neste caso para não validar uma bola que Lamine Yamal desviou para a baliza, decidindo, após longos minutos, que Lunin defendeu antes de a bola transpor totalmente a linha de golo.

Os visitantes voltaram à liderança em recarga oportuna de Fermín López, aos 69, contudo, aos 73, Vinícius cruzou para o segundo poste, onde Lucas Vázquez beneficiou da liberdade concedida por João Cancelo para voltar a igualar (2-2).

Aos 90+1, novamente com Lucas Vásquez na jogada, Bellingham levou o Santiago Bernabéu ao delírio, com o 3-2 final.

Na semana em que foi afastado pelo Dortmund na Liga dos Campeões, falhando assim as ‘meias’, o Atlético de Madrid foi derrotado por 2-0 em casa do Alavés, que vinha de três derrotas seguidas e agora ficou em situação mais tranquila na classificação, 10 pontos cima da linha de água.

O médio uruguaio Carlos Benavídez, aos 15 minutos, e Luis Rioja, aos 90+2, sentenciaram a nona derrota dos ‘colchoneros’ na prova, que os deixa no quarto lugar com os mesmos 61 pontos, segurando um lugar na ‘Champions’ com vantagem de três pontos sobre o Athletic Bilbau, que tinha cedido empate (1-1) caseiro com o Granada.

A Real Sociedad, com André Silva no banco, não foi além de empate 1-1 em casa do Getafe, que não contou com o lesionado Domingos Duarte: com a segunda igualdade consecutiva, os bascos são sextos, com 51 pontos, e os anfitriões 10.º, com 40.

O lanterna-vermelha Almeria, com Luís Maximiano a titular na baliza, perdeu novamente, hoje em casa por 2-1 ante o Villarreal de Gonçalo Guedes, que entrou aos 60, e que assim é nono, com 42 pontos.
pub