Ronaldo, o penálti, e a bola que levanta antes de chutar.

| Futebol Internacional

Cristiano Ronaldo no momento em que pontapeia a bola
|

O momento do penálti marcado por Cristiano Ronaldo no jogo da Liga dos Campeões, frente ao Paris Saint-Germain, está a motivar uma enorme discussão e análise nas redes sociais. Isto porque a bola parece levantar imediatamente antes do jogador português chutar para golo. Rio Ferdinand, antigo colega do português, diz que se trata de uma técnica que ele praticava nos treinos.

Como que por magia, revelada apenas pelas repetições em câmara lenta, a bola que Cristiano Ronaldo chuta ao marcar o golo de penálti, no jogo de ontem frente ao PSG, levanta antes de o jogador chutar.

As imagens mostram o que só pode ser explicado pelo movimento do pé esquerdo, de apoio, muito próximo da bola. A pressão que exerce no local parece ser suficiente para levantar ligeiramente a bola, que é depois chutada com o pé direito.

E se já muito se falava sobre isto nas redes sociais, o fenómeno ganhou ainda maior dimensão depois de Rio Ferdinand, antigo colega de equipa de Ronaldo, ter dito que esta é uma técnica que o português treinava.

"Posso vos jurar. Loucura. Ele costumava fazer isso nos treinos", disse o jogador em entrevista à BT Sports.

O momento que está a criar tanta conversa pelo mundo do futebol é este. Veja:

A informação mais vista

+ Em Foco

O Conselho Europeu informal de Salzburgo tem em cima da mesa dossiers sensíveis, com a imigração e o Brexit no topo da agenda. A RTP preparou um conjunto de reportagens especiais sobre esta cimeira.

    Nas eleições primárias, alguns dos mais conceituados senadores democratas foram vencidos por candidatos mais jovens, progressistas e, alguns deles, socialistas.

      Em seis anos, as investigações sucederam-se, sem poupar ninguém, da política ao futebol e à banca, seguindo a bandeira da ainda procuradora geral, o combate à corrupção.

        Os novos desenvolvimentos no diferendo comercial entre os Estados Unidos e a China vieram lançar ainda mais dúvidas sobre os próximos passos que os dois lados poderão adotar.