Cinco adeptos detidos antes do dérbi lisboeta

por Mário Aleixo - RTP
Alguns pequenos incidentes marcaram o dérbi eterno Lusa

Cinco adeptos foram detidos no domingo antes do apito inicial do dérbi lisboeta entre Sporting e Benfica, que terminou empatado 2-2, a contar para a 33.ª e penúltima ronda da I Liga portuguesa de futebol.

Um dos adeptos foi detido por posse de arma proibida, dois por resistência e coação, um por ofensa à integridade física de um agente da autoridade e um último por desobediência à interdição de acesso a recintos desportivos, com todas as detenções a ocorrerem ainda antes do início do encontro, segundo explicou fonte policial à Lusa.

Para além destes, dois adeptos foram ainda identificados devido à posse e utilização de engenhos pirotécnicos, tendo o policiamento sido cumprido “conforme planeado”, com vários pequenos incidentes prontamente resolvidos com a rápida intervenção policial.

Sporting e Benfica empataram 2-2 no dérbi lisboeta da 33.ª e penúltima ronda da I Liga portuguesa de futebol, um resultado que impediu que os encarnados festejassem já este domingo a conquista do 38.º título nacional, que escapa desde a época 2018/19.

No Estádio José Alvalade, Aursnes, aos 71 minutos, e João Neves, aos 90+4, garantiram o empate, já depois de Trincão, aos 39, e Diomande, aos 44, terem adiantado os "leões", que com este resultado entregaram ao Sporting de Braga o terceiro lugar na I Liga e a vaga na terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões, ao somar 71 pontos, a quatro dos bracarenses.

Já o Benfica parte para a última jornada, na qual vai defrontar o lanterna-vermelha e já despromovido Santa Clara, com dois pontos de vantagem sobre o FC Porto, que soma 82, após ter vencido no sábado o Famalicão (4-2), estando o título ainda em discussão.


pub