Domingos Paciência assume direção técnica da Liga de clubes

por RTP
LPFP

O antigo futebolista e treinador Domingos Paciência tomou hoje posse como diretor técnico de um grupo de trabalho que na Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) vai refletir sobre oito vetores de atividade.

A direção técnica da LPFP tem por missão debruçar-se sobre modelos competitivos, marcação de jogos, pensar no jogo como potenciador do projeto e os desafios pós-2024.

O grupo vai focar-se ainda na capacitação das equipas portuguesas na Europa, promover um fórum de treinadores, pensar no modelo de organização para o futebol feminino e debater-se sobre as leis do jogo e regulamentos.

“O presidente Pedro Proença identificou esta lacuna, e esteve muito bem na criação desta direção técnica. Faz falta esta ligação com os vários intervenientes do espetáculo, que é o jogo de futebol. Será essa a nossa tarefa: debater, analisar e melhorar, com base nas nossas experiências e no nosso conhecimento", disse Domingos Paciência, assumindo o "orgulho por ser diretor técnico desta comissão", através da qual promete “trabalhar para melhorar o futebol”.

O grupo, que conta ainda com o antigo futebolista José Carlos, que integra o Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol (SJPF), António Joaquim Oliveira, vice-presidente da Associação Nacional dos Treinadores de Futebol, e Luís Brás, do conselho deontológico da Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF), deve reunir duas vezes por mês.

A CEO da Liga, Helena Pires, destacou os “vários temas estruturantes no futebol profissional” que serão tratados pela direção técnica, entregue a “uma pessoa que percebe do que faz e que se dedica à causa”.

A dirigente considerou ainda que “a colaboração e a cooperação desta direção técnica serão fundamentais”, confiante de que no final da época “será feito um balanço muito positivo em torno do trabalho desenvolvido".

“Destaca-se que as reuniões da direção técnica estão programadas para ocorrer duas vezes por mês, promovendo uma abordagem consistente e dinâmica na análise e implementação de medidas relevantes para o futebol profissional”, refere o organismo.
pub