Estádio de Rio Maior prepara-se para receber o Casa Pia-Benfica

por Lusa
Os casapianos preparam-se para receber o Benfica em Rio Maior Rui Manuel Farinha - EPA

O presidente do conselho de administração da Desmor, empresa municipal que gere o complexo desportivo de Rio Maior, disse à Lusa que a "receita" da receção do Casa Pia ao Sporting será repetida com o Benfica.

Estamos preparados. Já o tivemos de fazer para 18 de agosto (receção ao Sporting). Estando preparados para esse primeiro jogo, agora estamos preparados para qualquer outro”, sublinhou Miguel Pacheco a propósito da receção dos "gansos" aos encarnados, referente à 26.ª jornada da I Liga de futebol e agendada para domingo, às 18h00, no Estádio Municipal de Rio Maior.

Sobre eventuais intervenções, o dirigente notou que “têm sido realizados alguns ajustamentos, tal como acontece em qualquer estádio” e que a ideia passa por criar, de forma contínua, “melhores condições para quem assiste”.

No entanto, os ajustes não são de “foro regulamentar”, mas sim “na ótica do espetáculo”, justificou, ressalvando que as mesmas têm sido levadas a cabo na sequência da parceria entre Casa Pia, Desmor e Câmara Municipal de Rio Maior.

Tudo pronto para domingo

Sobre o embate entre o segundo (Benfica) e o 11.º (Casa Pia) classificados do escalão principal, Miguel Pacheco antecipa “lotação esgotada”.

A expectativa aponta para que o estádio esteja completamente lotado”, avançou, sublinhando que será repetida a “receita” também na questão do estacionamento: “Como tivemos lotação esgotada para o Sporting, antecipámos todas as condições de estacionamento próximo do estádio. Felizmente, temos muitas zonas que proporcionam esse estacionamento e vamos repetir o mesmo contingente”.

Fonte do Casa Pia assegurou também à Lusa que tudo “estará pronto” para o jogo diante do detentor do título de campeão.

Os bilhetes estão já à venda e temos tudo preparado para ter lotação esgotada e proporcionar um bom espetáculo de futebol”, assegurou a mesma fonte.

O Casa Pia indicou o Estádio Municipal de Rio Maior como "casa" para a edição 2023/2024 da I Liga, jogando a cerca de 80 quilómetros de Pina Manique.

Já esta temporada, aquele recinto esgotou para a receção dos casapianos ao Sporting, situação que, tudo aponta, deverá também acontecer na receção ao Benfica.

De resto, a formação da casa chegará ao referido encontro após um desaire no reduto do Estrela da Amadora (1-3), ao passo que as "águias" vão ainda jogar com os escoceses do Rangers, na quinta-feira, na segunda mão dos oitavos de final da Liga Europa, antes da deslocação até Rio Maior.
pub