João Freitas, presidente do Desportivo das Aves, não se recandidata

por RTP

As eleições serão um dos temas mais em foco, na assembleia-geral ordinária do Desportivo das Aves, que se realiza esta sexta-feira

O presidente do Desportivo das Aves, João Freitas, não pretende recandidatar-se ao cargo nas próximas eleições do clube, as quais serão discutidas na Assembleia-Geral ordinária de sexta-feira, disse o dirigente à Agência Lusa.  
 
Para João Freitas, é altura de as "chamadas forças vivas da sociedade civil da Vila das Aves aparecerem para apoiar e monstrar a sua disponibilidade", vincando que "não é da Câmara Municipal (de Santo Tirso) que eu quero mais apoio".

Neste momento, a posição do dirigente é a de não candidato, mas o mais jovem presidente de um clube das ligas profissionais portuguesas (25 anos), confessava em Outubro do ano passado à Agência Lusa que "gostava de continuar" à frente dos destinos do clube. 

Já então, o presidente avense reconhecia que o "clube tem vindo a ser gerido de uma forma que a curto prazo é insustentável, porque cada vez são menos as pessoas que contribuem", pelo que a actual posição pode ser alterada se surgir uma vaga de fundo e um apoio significativos das forças vivas da região e do clube. 

O Desportivo das Aves terminou a Liga de Honra em oitavo lugar, com 39 pontos, após ter andado nos últimos lugares da tabela durante grande parte do campeonato.