João Henriques e SAD do Leixões acordam rescisão com caráter imediato

| Futebol Nacional

João Henriques deixou de ser o treinador do Leixões, da II Liga portuguesa de futebol, depois de ambas as partes terem chegado hoje a acordo para rescindir o contrato válido até final da temporada, anunciou a SAD.

Depois de nos últimos dias, de forma insistente, o treinador ter sido dado nos planos do Paços de Ferreira, da I Liga, para suceder a Petit, que foi demitido, o treinador chegou a acordo com a SAD para deixar as funções de imediato.

A saída acontece dois dias antes do Leixões receber o Real Massamá, num a partida que poderia deixar o clube de Matosinhos nos lugares de promoção à I Liga, sendo a equipa entregue, para já, a Ricardo Malafaia, até agora treinador adjunto do Leixões.

João Henriques chegou ao clube no início da corrente época, integrando a equipa técnica liderada por Daniel Kenedy, a quem, poucas jornadas depois, rendeu no cargo, levando o "onze" de Matosinhos aos lugares de topo da classificação.

O Leixões é o atual quarto classificado, com 31 pontos, à entrada para a segunda volta do campeonato.

A informação mais vista

+ Em Foco

Um terramoto de magnitude 7,5 e um tsunami varreram a ilha de Celebes, causando a morte de pelo menos duas mil pessoas. A dimensão da catástrofe é detalhada nesta infografia.

    Em entrevista exclusiva à RTP, Flávio, um dos filhos de Jair Bolsonaro, afirmou que o candidato do PT Fernando Haddad devia juntar-se a Lula da Silva.

    Na Venezuela, os sequestros estão a aumentar. Em Caracas, só este ano foram raptadas 107 pessoas.

      Faltam seis meses para a saída do Reino Unido da União Europeia. Dia 29 de março de 2019 é a data para o divórcio. A RTP agrega aqui uma série de reportagens sobre o que o Brexit pode significar.