Leixões mantém liderança

| Futebol Nacional

Com a vitória sobre o Paços de Ferreira, por 2-1, o Leixões manteve a liderança da I Liga

O Leixões venceu  o Paços de Ferreira, por 2-1, em encontro da sétima jornada da I Liga, disputado
este domingo.

José Mota, técnico do Leixões, rotulou a partida, com o seu anterior clube, como "muito difícil", em que a sua equipa passou do "bom para o mau", que só a entrega e o sofrimento justificaram a vitória.

Paulo Sérgio, treinador dos "castores", salientou que só Beto, guardião bracarense, impediu a vitória da sua equipa, queixando-se de erros da arbitragem.

Jogo no Estádio do Mar, em Matosinhos.  
 
    Leixões - Paços de Ferreira: 2-1. 
 
    Ao intervalo: 2-0. 
 
    Marcadores: 
 
    1-0, Wesley, aos 28 minutos (grande penalidade). 
 
    2-0, Diogo Valente, 31. 
 
    2-1, William, 81 (grande penalidade). 
 
    Equipas: 
 
    - Leixões: Beto, Vasco Fernandes, Joel, Élvis, Laranjeiro, Bruno China, Roberto Sousa, Hugo Morais, Wesley (Marques, 77), Braga (Sandro, 86) e Diogo Valente (Zé Manuel, 67). 
 
    Suplentes: Berger, Sandro, Diogo Luís, Roberto, Serginho Baiano, Zé Manuel e Marques. 
 
    - Paços de Ferreira: Cássio, Ricardo, Ózeia, Kelly (Guedes, 61), Chico Silva (Leandro Tatu, 31), Paulo Sousa, Filipe Anunciação, Pedrinha, Rui Miguel, William e Cristiano (Prieto, 61). 
 
    Suplentes: Bruno Conceição, China, Edson, Leandro Tatu, Prieto, Dédé e Guedes. 
 
    Árbitro: Artur Soares Dias (Porto). 
 
    Acção disciplinar: cartão amarelo para Vasco Fernandes (20), Paulo Sousa (25), Diogo Valente (41), William (43) e Filipe Anunciação (63). 
 
    Assistência: cerca de 5.000 espectadores. 
  

A informação mais vista

+ Em Foco

A Girl Move Academy existe há quatro anos com o objetivo de criar uma geração de mulheres líderes. É um “movimento de capacitação e investimento da mulher”.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      A menos de 100 quilómetros da fronteira com a Síria, a cidade turca de Gaziantep é uma terra de tradições e sabores.

      Fotografias da autoria do artista berlinense Martin Dammann lançam luz sobre o lado mais obscuro da Wehrmacht.