Manuel Machado aponta ingratidão a Soares

| Futebol Nacional

O treinador do Arouca, Manuel Machado, vai reencontrar o avançado do FC Porto Soares, jogador que entrou na I Liga de futebol pela sua `mão`, quando treinava o Nacional, embora, para o técnico, pouco se fale disso.

"Tiquinho Soares parece que não passou pelo Nacional. De facto, chegou em `bruto`, corria para trás, quando os outros corriam para a frente. Houve um quadro técnico que, durante um ano e meio, o ajudou e não ouvi em nenhum momento, neste período que foi para o FC Porto, referência ao quadro técnico do Nacional, que o detetou lá num Candal ou num Rio Tinto qualquer do Brasil", lamentou o agora treinador do Arouca, na antevisão à receção aos `dragões`, na abertura da 25.ª jornada da I Liga.

Manuel Machado, treinador do brasileiro na época de 2014/15, desejou sorte ao avançado portista, mas apontou-lhe o defeito da ingratidão.

"Como ser humano, espero que vá o mais longe possível. Desejo-lhe a maior sorte. Há duas coisas na humanidade que a mim me incomodam. Uma é a ingratidão e a outra é a ganância. Quando as pessoas, por omissão, que é o caso, denunciam alguma ingratidão não terei grande coisa a dizer", atirou o treinador.

 

A informação mais vista

+ Em Foco

No 20.º aniversário da Exposição Universal sobre os Oceanos, a Antena 1 e a RTP estiveram à conversa com alguns dos protagonistas do evento.

    Um dos mais conceituados politólogos sul-coreanos revelou à RTP o modo de pensar e agir de Pyongyang.

    Portugal foi oficialmente um país neutro na 2ª guerra Mundial. Mas isso não impediu que quase mil portugueses tivessem sido deportados, feitos prisioneiros ou escravos pelos nazis.

      Uma caricatura do mundo em que vivemos.