Olhanense empata em Paços de Ferreira

| Futebol Nacional

"Castores" deixaram algarvios empatar, por duas vezes, com bis de Djalmir

Paços de Ferreira e Olhanense fecham I Liga com um empate, 2-2, resultado penalizador dos nortenhos, em jogo da 30.ª e última jornada, disputado no estádio da Mata Real, na "Capital do Móvel".

Com este empate, o Paços de Ferreira termina a época no 10.º lugar, com 35 pontos, enquanto o Olhanense acaba em 13.º, com 29, voltando a encontrar-se na Liga 2010/2011.  

Ao intervalo: 1-1. 
 
    1-0, Romeu Torres, 5 minutos. 
 
    1-1, Djalmir, 42. 
 
    2-1, Candeias, 74. 
 
    2-2, Djalmir, 86. 
 
 
    Equipas: 
 
    - Paços de Ferreira: Cássio, Baiano, Danielson, Kelly, Maykon, Filipe Anunciação, Leonel Olímpio, Livramento (Candeias, 60), Bruno Di Paula (André Leão, 78), Pizzi (Manuel José, 78) e Romeu Torres. 
 
    (Suplentes: António Filipe, Jason Davidson, Manuel José, André Leão, Fábio Pacheco, Carlitos e Candeias). 
 
    - Olhanense: Ricardo Ferreira, Tengarrinha, Miguel hngelo, Sandro, Carlos Fernandes, Pietravalle, Rui Baião, Castro (Greg, 70), Delson (Rabiola, 70), Yazalde (Zequinha, 65) e Djalmir. 
 
    (Suplentes: Bruno Veríssimo, Éder, Stéphane, Ukra, Rabiola, Greg e Zequinha).
 
 
    Árbitro: Paulo Costa (Porto). 
 
    Acção disciplinar: cartão amarelo para Tenagarrinha (49), Danielson (77), Maykon (86) e Kelly (90). 
 
    Assistência: cerca de 1200 espectadores. 
 

A informação mais vista

+ Em Foco

A Girl Move Academy existe há quatro anos com o objetivo de criar uma geração de mulheres líderes. É um “movimento de capacitação e investimento da mulher”.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      A menos de 100 quilómetros da fronteira com a Síria, a cidade turca de Gaziantep é uma terra de tradições e sabores.

      Fotografias da autoria do artista berlinense Martin Dammann lançam luz sobre o lado mais obscuro da Wehrmacht.