Benfica goleia Sporting e conquista Taça da Liga de futsal

| Futsal

Benfica goleou Sporting na final da Taça da Liga
|

O Benfica venceu este domingo o rival Sporting por 5-2, em Sines, e passou a ocupar o ‘trono' da Taça da Liga de futsal, sucedendo aos ‘leões’, que tinham arrebatado as duas primeiras edições.

Frente a uma formação que somava por vitórias os 28 jogos disputados em 2017/18, a equipa da Luz foi sempre a mais prática e eficaz durante a final, chegando a deter uma confortável e retumbante vantagem de 5-0, a cinco minutos do fim.

O ‘clássico' começou com muita emoção e a sensação de golo surgiu junto das duas balizas logo nos segundos iniciais.

O primeiro sinal de perigo foi dado pelo ala ‘leonino’ Pedro Cary, aos dois minutos, mas o remate forte saiu ao lado da baliza defendida pelo seguro Diego Roncaglio.

Mas, seriam as ‘águias' a inaugur o marcador com apenas três minutos cumpridos de jogo. Após roubo de bola, Bruno Coelho rematou de fora da área ao poste e o sempre oportuno Deives marcou na consequente recarga, surpreendendo o guarda-redes Marcão.

Aos 10 minutos, nova oportunidade de golo para o Sporting. A assistência é de Caio Japa, mas o ‘capitão’ João Matos não conseguiu chegar à bola para desfeitear Diego Roncaglio.

O Benfica aumentou a vantagem (2-0) aos 13 minutos, na sequência de um oportuno e certeiro remate de Fernandinho, o último reforço brasileiro dos ‘encarnados".

Os ‘leões’ tentaram chegar ao golo através de lances e remates repentinos do brasileiro Dieguinho, mas sem resultados práticos.

As ‘águias’ acumularam cinco faltas e, com a sexta, cometida sem necessidade por Bruno Coelho a meio campo, aos 18 minutos, ofereceram um livre direto ao Sporting, mas Diogo foi contrariado por Cristiano, que entrou para defender o castigo máximo.

A perder por dois golos, o Sporting entrou com grande agressividade e ousadia atacante no início da segunda parte.

Num jogo disputado em elevado ritmo, Deives falhou o 3-0 na ‘cara’ de Marcão, e, depois, Dieguinho isolou-se e disparou ao lado da baliza ‘encarnada', onde continuou a brilhar Diego Roncaglio.

Sempre a espreitar o contra-ataque, a turma da Luz desperdiçou um golo aos 30 minutos, com o ‘capitão’ Bruno Coelho a isolar-se e a rematar para fora.

Aos 32 minutos, Robinho recuperou uma bola no meio-campo sportinguista e disparou com êxito para o fundo da baliza ‘leonina’ e, no minuto seguinte, foi a vez de Fábio Cecílio fazer o 4-0, num oportuno e eficaz remate de fora, numa altura em que o Sporting jogava já com Merlim como guarda-redes avançado.

O Sporting continuou a jogar no risco e o Benfica a acumular ocasiões de golo de baliza a baliza, até que, aos 36 minutos, Fernandinho ‘bisou’, apontando o quinto dos ‘encarnados’.

Na parte final, e com tudo definido, a formação da Luz ‘facilitou’ e o Sporting marcou dois golos, por Dieguinho e Divanei, mas sem colocar em perigo o triunfo das ‘águias’.

Tópicos:

Futsal, Sporting, Benfica,

Pesquise por: Futsal, Sporting, Benfica,

A informação mais vista

+ Em Foco

O Conselho Europeu informal de Salzburgo tem em cima da mesa dossiers sensíveis, com a imigração e o Brexit no topo da agenda. A RTP preparou um conjunto de reportagens especiais sobre esta cimeira.

    Nas eleições primárias, alguns dos mais conceituados senadores democratas foram vencidos por candidatos mais jovens, progressistas e, alguns deles, socialistas.

      Em 1995, dois estudantes desenvolveram um motor de pesquisa. Dois anos depois, Andy Bechtolsheim passou um cheque no valor de 100 mil dólares. Nesse dia, fez-se história: a Google nasceu.

        Os novos desenvolvimentos no diferendo comercial entre os Estados Unidos e a China vieram lançar ainda mais dúvidas sobre os próximos passos que os dois lados poderão adotar.