"Champions". Benfica tenta manter o sonho vivo

por Mário Aleixo - RTP
As "águias" correm para um triunfo Tânia Paulo - slbenfica

Benfica e Inter de Milão defrontam-se esta quarta-feira, no Estádio da Luz, a partir das 20h00, em jogo da 5.ª jornada do Grupo D, da fase de grupos, num encontro arbitrado por Andris Treimanis.

O Benfica entra em campo na Liga dos Campeões de futebol, com as "águias" a tentarem agarrar a possibilidade de ainda lutarem pela Liga Europa.

O treinador dos benfiquistas Roger Schmidt continuará a apostar no 4-2-3-1 que deu a vitória sobre o rival no dérbi (2-1) e também contra o Famalicão (2-0) na Taça, em detrimento da linha de três defesas, desastrosa no último compromisso europeu. 

Além da continuidade proporcionada pelo regresso a uma formação mais familiar à equipa, ou pela titularidade repetida de certos elementos como Florentino ou Tengstedt, o que também pode contribuir para uma vitória do Benfica é o facto do Inter já ter garantido um lugar na próxima fase da competição. 

Os "nerazzurri" chegaram a Lisboa com vários jovens e tudo aponta para alguma rotação no onze de Inzaghi: Audero fará a estreia na baliza, as lesões de Dumfries, Bastoni e Pavard abrem espaço para oportunidades na defesa e também o meio-campo (Asllani) e ataque (Sánchez) podem haver mexidas.

No Estádio da Luz, o Benfica, já eliminado da "Champions", tenta, diante do Inter Milão, manter-se vivo para que possa lutar pela terceira posição no Grupo D numa altura em que é quarto e último, sem qualquer ponto, e atrás do Salzburgo.

Os austríacos, que nesta jornada visitam a Real Sociedad, também já estão eliminados na "Champions", mas têm vantagem em relação ao Benfica na luta pela Liga Europa, com mais pontos, uma vitória por 2-0 na Luz e na diferença entre golos marcados e sofridos.

O Benfica só pode continuar a sonhar com o terceiro lugar do grupo – que dará entrada no play-off de acesso aos "oitavos" da Liga Europa - se não somar menos pontos na receção ao Inter Milão do que o Salzburgo na casa da Real Sociedad.Andris Treimanis

Um cenário que deixaria as contas em aberto para a última jornada, quando o Benfica visitar os austríacos, em 12 de dezembro.

pub